|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
carcara

carcara

Segunda, 09 Fevereiro 2015 14:24

Curriqueira - Geositta cunicularia

curriqueiroA Curriqueira (Geositta cunicularia) é uma ave Passeriformes da família Scleruridae.

Características

A aparência no geral lembra um Furnarius, mas tem a coloração mais pálida. Mede de 14 a 17 cm.

Vive só ou em casais. De hábitos terrestres, move continuamente a cauda para cima e para baixo enquanto forrageia a procura de pequenos artrópodes na vegetação rasteira. Voa a baixa altura.

Registro feito em Mostasdas-RS

curriqueiro clique
Segunda, 09 Fevereiro 2015 14:05

Noivinha - Xolmis irupero

noivinhaA Noivinha (Xolmis irupero), também conhecida popularmente por Viuvinha e Viuvinha-Alegre, é uma ave Passeriformes da família Tyrannidae.

Seu nome significa: de Xolmis= vocábulo de origem incerta. Provavelmente se refere ao asteca “xomotl”, nome de ave registrado por Hernandez(1651), no México; do (guarani)iruperó = pássaro problemático, com problemas. ⇒ Pássaro xolmis problemático.

Características

Mede cerca de 18 centímetros e é quase todo branco. Apenas as rêmiges primárias (penas da ponta das asas), bem como a ponta das penas da cauda são negras; também são pretos o bico e as pernas.

Sabe peneirar muito bem, mantendo-se no mesmo ponto no ar, adejando as asas como os beija-flores. Na caatinga seca contra o céu azul destaca-se pela alvura de sua plumagem e de sua extrema elegância de vôo. É uma das mais lindas aves do sertão nordestino.

Registro feito em Mostasdas-RS

noivinha2 clique
Sexta, 06 Fevereiro 2015 11:11

Bate-bico - Phleocryptes melanops

bate-bicoO Bate-bico (Phleocryptes melanops) é uma ave Passeriformes da família Furnariidae.

Seu nome significa: do (grego) phaleös = do junco, junco; e de kruptës, kruptö = covarde, que se esconde, esconder. ⇒ (Pássaro) que se esconde no junco.

Também conhecido como cachimbó, tico-tico-do-piri e estaladeira.

Características

Trata-se de uma ave pequena, com cerca de 13 centímetros.

Ocorre em brejos, taboais, pirizais e banhados. Empoleira-se em colmos verticais da vegetação aquática nos taludes.

Registro feito em Mostasdas-RS

bate-bico clique
Sexta, 06 Fevereiro 2015 10:54

Saracuruçu - Aramides ypecaha

saracurucuA Saracuruçu (Aramides ypecaha) é uma ave Gruiformes da família Rallidae.

Seu nome significa: do (grego) aramos = um tipo de garça mencionado por Hesinquio; e -öides = semelhante; e do (guarani) ypecaha, ipécaha = nome indígena para esta espécie de saracura grande. ⇒ (Ave) Ypecaha semelhante a uma garça. “Ypacahá” de Azara (1802-1805) (Aramides).

Características

É a maior espécie das saracuras, medindo 50 centímetros.

As saracuras são aves de médio porte, com 30 a 45 cm de comprimento. Apresentam pescoços relativamente compridos e patas longas, de cor vermelha. Os dedos são fortes e longos, bem afastados entre si, e terminam em pequenas garras. A plumagem é variável de espécie para espécie, mas todas têm o dorso verde-oliváceo e a cauda curta de cor preta. Os olhos são grandes e vermelhos e o bico amarelo, porém muda a cor em sua base, dependendo da espécie.

Registro feito em Tavares-RS

saracurucu clique
Sexta, 06 Fevereiro 2015 10:05

Cabeça-seca - Mycteria americana

cabeca-secaO Cabeça-seca (Mycteria americana) é uma ave Ciconiiformes da família Ciconiidae. Conhecido também como passarão, cabeça-de-pedra (Mato Grosso), jaburu-moleque, trepa-moleque (Mato Grosso), João-grande (Rio Grande do Sul) e padre. Era uma das aves aquáticas mais comuns da Amazônia, mas teve seu número reduzido devido à caça.

Seu nome significa: do (grego) muktër, mukterizö = focinho, nariz, bico; e do (latim)americana = referente ao continente americano, américa. ⇒ Pássaro americano com focinho.

Características

Mede entre 86 e 100 cm de comprimento e pesa em torno de 2,8 kg.Quando sobrevoa muito alto uma área, pode ser confundido com o Maguari. Diferente dos adultos, os juvenis possuem a cabeça e pescoço emplumados e o bico mais claro.

Habita manguezais, pantanais e alagados permeados de florestas. Pousa no chão ou no alto de árvores e plana a grandes alturas sem muito esforço. Vive em grupos. Os jovens da espécie associam-se em bandos distintos, vivendo à parte dos casais.

Registro feito em Tavares-RS

cabeca-seca clique
Quinta, 05 Fevereiro 2015 17:29

Colegial - Lessonia rufa

colegialO Colegial (Lessonia rufa) é uma ave Passeriformes da família Tyrannidae. Já foi classificada como Alauda rufa (Gmelin, 1789) e também considerada uma espécie monotípica com seu congênere dos Andes, Lessonia oreas. Esse gênero é considerado através de caracteres morfológicos externos e internos aparentado às marias-preta (Knipolegus sp.).

Seu nome significa: de lessoni, lessonia, lesonii = homenagem a René Primevéri Lesson (1794-1849) naturalista francês; do (latim) rufa; rufus = castanho, vermelho; em ornitologia rufus, rufa e rufum cobrem um amplo espectro de cores de amarelo, laranja, marrom, vermelho e roxo. - (pássaro castanho de Lesson).

Características

Ave de pequeno porte irrequieta e confiada, mede 11 centímetros de comprimento e pesa em média 13 gramas. O macho possui exuberante plumagem negra com o dorso alaranjado, enquanto a fêmea é mais inconspícua, apresentando plumagem pardacenta, rabadilha preta e o dorso em tons mais apagados que o macho. O jovem é também pardacento com estrias esbranquiçadas e tons alaranjados e negros mais apagados. Como a maioria dos Fluvicolinae, não possui canto desenvolvido e apenas emite baixos chamados.

Registro feito em Tavares-RS

colegial clique
Quinta, 05 Fevereiro 2015 16:50

Batuíra-de-coleira - Charadrius collaris

batuira-de-coleiraA Batuíra-de-coleira (Charadrius collaris) é uma ave Charadriiformes da família Charadriidae.

Seu nome significa: do (latim) charadrius = pássaro amarelo mencionado na Bíblia Vulgata (final do século 4); e do (latim) collaris, collum, collare = colar do pescoço, colo, pescoço. Pássaro amarelado com colar.

Também conhecida como Batuíra-da-costa. Chamado de manuelzinho-da-croa na obraGrande Sertão - Veredas: de Guimarães Rosa:

”- ‘É aquele lá: lindo!’ Era o manuelzinho-da-croa, sempre em casal, indo por cima da areia lisa, eles altas perninhas vermelhas, esteiadas muito atrás traseiras, desempinadinhos, peitudos, escrupulosos catando suas coisinhas para comer alimentação. Machozinho e fêmea – às vezes davam beijos de biquinquim – a galinholagem deles. — ‘É preciso olhar para esses com um todo carinho…’ – o Reinaldo disse. Era. Mas o dito, assim, botava surpresa. E a macieza da voz, o bem-querer sem propósito, o caprichado ser – e tudo num homem d’armas, brabo bem jagunço – eu não entendia! (…)”.

Características

Mede cerca de 15 cm de comprimento. O nome popular refere-se provavelmente a uma coleira negra na parte mediana da plumagem. Aliás, visualmente, essa ave tem cores que pendem para o ferrugíneo nas partes superiores, sem branco na nuca. O bico é preto e as pernas, altas, são róseas-claras.

Registro feito em Tavares-RS

batuira-de-coleira clique

macarico-de-bico-viradoO Maçarico-de-bico-virado (Limosa haemastica) é uma ave Charadriiformes da família Scolopacidae.

Seu nome significa: do (latim) limosus, limus = da lama, lamacento, lama; e do (grego)haimatikos, haima = sangrento, sangue. ⇒ (Pássaro) sangrento da lama. “Americana fedoa, pectore rufo. Red-breasted Godwit” de Edwards (1750) (Limosa). A palavrahaemastica refere-se a coloração do peito desta ave que apresenta coloração castanho avermelhada.

Características

Mede 38 cm de comprimento. Apresenta o bico levemente curvado para cima, semelhante ao maçarico-grande-de-perna-amarela (Tringa melanoleuca),porém tem porte maior que este.

Visitante setentrional de águas interiores e da orla marítima.

Registro feito em Tavares-RS

macarico-de-bico-virado clique

macarico-de-sobre-brancoO Maçarico-de-sobre-branco (Calidris fuscicollis) é uma ave da ordem Charadriiformes da família Scolopacidae.

Seu nome significa: do (grego) kalidris, skalidris = pássaro da orla, cor de cinzas mencionado por Aristóteles; e do (latim) fuscus = escuro, marrom; e de -collis, collum = papo, pescoço colo. ⇒ Pássaro da orla com papo marrom ou pássaro da orla com papo escuro.

Características

Os adultos têm pés pretos e um bico com uma ponta fina e escura. O corpo é marrom escuro na parte superior e, principalmente, branca por baixo, com listras marrons no peito e um traseiro branco. Eles têm uma tarja branca sobre os olhos. Esta ave apresenta longas asas durante o vôo. No inverno, a plumagem desta espécie é cinza pálido na parte superior. Uma das melhores características de identificação são as longas asas, que se estendem além da cauda quando está no chão. Tamanho: 15 a 18cm.

São migrantes de longa distância, de invernada no norte da América do Sul.

Registro feito em Tavares-RS

macarico-de-sobre-branco clique

trinta-reis-de-coroa-brancaO Trinta-réis-de-coroa-branca (Sterna trudeaui) é uma ave Charadriiformes da família Sternidae.

Seu nome significa: do (inglês) stern, stearn ou starn = nome inglês específico para a andorinha do mar; e de trudeaui = homenagem ao médico, pintor, explorador americano e coletor de espécimes, Dr. James de Berty Trudeau-(1817-1887). ⇒ Andorinha do Mar de Trudeau.

Características

Mede 35 centímetros. Apresenta uma extensa faixa pós-ocular negra, pernas vermelhas e bico de ponta amarelada, medialmente negro e de base vermelha durante o período nupcial e pré-nupcial. Em plumagem de repouso e nos imaturos, esse trinta-réis apresenta bico uniformemente escuro com ponta amarela. Os jovens tem pés pretos.

Visitante do sul, comum nos banhados litorâneos do Rio Grande do Sul no verão, atinge esporadicamente o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Registro feito em Tavares-RS

trinta-reis-de-coroa-branca clique
Página 4 de 45

Temos 63 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.