|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Segunda, 09 Janeiro 2017 15:33

Bico-virado-miúdo - Xenops minutus

O Bico-virado-miúdo (Xenops minutus) é uma ave Passeriformes da família Xenopidae. Também conhecido como arrebitado..

Seu nome científico significa: Xenops minutus⇒ Estranho enfrentador pequeno.

Características

Mede cerca de 11 cm de comprimento. Trata-se da espécie do gênero Xenops com a plumagem mais uniforme, apenas um pouco estriada na garganta e no píleo. Vive desacompanhado de indivíduos da mesma espécie, porém participa com frequência de bandos mistos de insetívoros, nos estratos inferior e médio da vegetação.

Costuma se dependurar nos poleiros horizontais, apoiando, de forma curiosa, os dois pés na extremidade terminal do galho.

Nome em Inglês - Plain Xenops

Registro feito em Guaraqueçaba-PR (Na reserva do Salto Morato).

Publicado em Espécies

O Beija-flor-de-bico-curvo (Polytmus guainumbi) é uma ave Apodiformes da família Trochilidae.

Seu nome científico significa: do (grego) polutimos = valioso, caro; e do (tupi)guainumbi = nome ameríndio Tupi para um beija-flor, pássaro brilhante. ⇒ Beija-flor valioso e brilhante ou guainumbi valioso e brilhante.

Nome em Inglês -White-tailed Goldenthroat

Características

Mede 10 centímetros de comprimento. Possui bico longo e curvo, com a base da mandíbula vermelho-clara; plumagem superior dourado a verde-bronze brilhantes; área cinza escuro nos olhos bordeada por cima e por baixo por uma longa listra branca; partes de baixo verde-dourado iridescente; cauda arredondada, longa, verde, com ponta branca. Fêmea semelhante ao macho, mas com listras amareladas na face; queixo esbranquiçado, resto das partes inferiores amareladas, com a garganta e o peito pintados de verde. Imaturo parecido com a fêmea, com as penas da cabeça bordeadas de amarelo pálido.

Registro feito em Americana-SP no Parque Aimaratá.

Publicado em Espécies

O Beija-flor-de-peito-azul (Amazilia lactea) é uma ave Apodiformes da família Trochilidae.

É um dos menores beija-flores. Embora, muito ativo e briguento. Quase tão comum como o Beija-flor-tesoura, este beija-flor não chama tanto a atenção das pessoas, talvez por ser menor, e por ter cores mais discretas. Além disso, parece ser mais tímido que seu parente maior, saindo menos da proteção da folhagem.

Seu nome científico significa: de Amazilia = heroina Inca na novela “Les Incas, ou la destruetion de l'Empire du Pérou” de Jean Marmontel (1777); e do (latim) láctea, lacteus, lac = referente ao leite, leitosa, leite. ⇒ Amazilia leitoso.

Nome em inglês: Sapphire-spangled Emerald

Características

Chama a atenção pela garganta violeta e a faixa branca que desce pelo peito até a barriga, o que o diferencia bem de seus congêneres. As costas e a nuca são verde brilhante, a cauda e parte das asas são azul escuro, a garganta e parte do peito são de um tom azul muito vivo. a barriga é branca e dela sobe uma linha que divide o peito, que é ocráceo. Não há dimorfismo sexual. Mede entre 8 e 11 centímetros e pesa entre 3 e 6 gramas. (Weller, Kirwan and Boesman, 2016).

No Parque Tanguá, Curitiba-PR - Obrigado Cauã por indicar onde encontrar o bicho.

 

Publicado em Espécies

O Bico-chato-amarelo (Tolmomyias flaviventris) é uma ave Passeriformes da família Rhynchocyclidae.

Conhecida também como encontro-de-prata e são-pedrinho.

Seu nome científico significa: do (grego) tolma = ousado, arrojado; e myias, muia = papa-moscas, moscas; e do (latim) flavus = amarelo; e venter, ventris = barriga, ventre. -  Papa-moscas ousado com a barriga amarela.

Características

Mede entre 12 e 12,7 centímetros e pesa cerca de 11,3 gramas. A cabeça e dorso asas e cauda são verdes oliva. Apresenta duas barras alares amareladas. A garganta, peito e ventre são amarelos. O olho é grande, escuro e circundado por um anel periocular amarelo dourado. O bico é achatado e preto. Os dois sexos não apresentam diferenciação na plumagem. Existem seis subespécies que apresentam diferenças no tonalidade da coloração da plumagem.

Encontrado solitário ou raramente aos pares, forrageia no estrato médio e alto nas matas, no cerrado e nas restingas. Esses tiranídeos são também encontrados em caatingas arbóreas, buritizais e matas de galeria. 

Parque das Dunas, bosque dos Namorados - Natal-RN.

Publicado em Espécies

O Beija-flor-de-barriga-branca (Amazilia leucogaster) é uma Apodiformes da família Trochilidae.

Seu nome científico significa: de Amazilia = heroina Inca na novela “Les Incas, ou la destruction de l'Empire du Pérou” de Jean Marmontel (1777); e do (latim) leukos = branco, branca; e gaster = barriga. -  Amazilia com barriga branca.

Características

Mede 10 cm de comprimento. É um beija-flor de bico reto com base da mandíbula rosada, partes inferiores brancas imaculadas, mancha pós-ocular branca, além de fronte e face verde-brilhante.

Parque das Dunas, bosque dos Namorados - Natal-RN.

Publicado em Espécies

O Batuiruçu-de-axila-preta (Pluvialis squatarola) é um Charadriiformes da família Charadriidae.

Também conhecido como batuíra, maçarico e tarambola-cinzenta.

Seu nome científico significa: do (latim) pluvialis = relativo a chuva. pluvial; e desgatarola = nome veneziano para uma espécie de tarambola. - Tarambola da chuva.

Características

Mede 30 cm de comprimento. Muito semelhante com o batuiruçu, difere na plumagem de descanso pela faixa ou linha superciliar branca menos evidente e de tons mais apagados. Em voo, destaca-se uma grande mancha negra sob as asas, nas axilares. Em plumagem pós e pré-nupcial, os machos exibem as partes inferiores anegradas, como seu congênere, mas o dorso é maculado em tons alvinegros sem amarelo algum, e o ventre é branco.

Forte dos Reis Magos - Natal-RN.

Publicado em Espécies

O Balança-rabo-de-chapéu-preto (Polioptila plumbea) é uma ave Passeriformes da família Polioptilidae.

Conhecido também como miador (Minas Gerais), gatinha (Ceará), sibite e caga-sebo (norte da Bahia).

Seu nome científico significa: do (grego) polios = cinza; e ptilon = plumagem; e do (latim) plumbum, plumbeus, plumbea = chumbo, cor de chumbo, da cor do chumbo. (Ave) com plumagem cinza da cor do chumbo.

Características

Mede cerca de 11 cm de comprimento. O macho tem o alto da cabeça preto-brilhante, o qual é cinza na fêmea.

Parque Municipal da Cidade de Natal Dom Nivaldo Monte - Natal-RN.

Publicado em Espécies

A Batuíra-de-coleira-dupla (Charadrius falklandicus) é uma ave Charadriiformes da família Charadriidae.

Seu nome científico significa: do (latim) charadrius = pássaro amarelado mencionado na Bíblia Vulgata (final do século 4); e de falklandicus = referente ou originário das ilhas Falkland ou Malvinas no Oceano Atlântico Sul. Pássaro amarelado das Falklands.

Características

Mede 19 cm de comprimento. Pode ser facilmente reconhecida pelo duplo colar peitoral, que dá origem ao seu nome. Visitante meridional incomum encontrado no Rio Grande do Sul. Durante o inverno, alcança o litoral sul de São Paulo.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos Lenice Amaral e Osmar Zarpelão! Na segunda expedição ao Parque Nacional da Lagoa do Peixe - Tavares-RS.

Publicado em Espécies
Domingo, 13 Março 2016 14:22

Boininha - Spartonoica maluroides

A Boininha (Spartonoica maluroides) é uma ave Passeriformes da família Furnariidae.

Seu nome científico significa:​ do (grego) sparton = arbusto, capim; e oikos, oikeö = habitar, morar; e do (grego) malos = macio; e oura = cauda; ​maluroides​ = parecido com ave do gênero Malurus. ⇒ (Ave) que habita os arbustos e é parecida com as do gênero Malurus.

Características

Mede entre 14 e 14,5 centímetros de comprimento e pesa em média 10,5 gramas. A parte superior é de coloração areia, intensamente manchado de preto na nuca e no manto. A coroa é castanha, com uma linha superciliar esbranquiçada. Asas com coloração canela na base das penas de voo. Cauda longa com penas espetadas e desgastadas nas pontas, a coloração da cauda é principalmente marrom. A parte inferior é esbranquiçada com os flancos esbranquiçados ou bege. A íris é clara esbranquiçada ou azul pálida. A maxila é negra e a mandíbula é rosada com a ponta escura. Tarsos e pés são rosados.

É provável que este especialista em habitats úmidos tenha uma população pequena e severamente fragmentada, e pode estar em declínio devido à drenagem e à degradação das zonas húmidas para a evolução da agricultura. É, portanto, considerado quase ameaçado de extinção.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos Lenice Amaral e Osmar Zarpelão! Na segunda expedição ao Parque Nacional da Lagoa do Peixe - Tavares-RS.

boininha2 

 clique

Publicado em Espécies
Quinta, 17 Dezembro 2015 09:46

Bico-assovelado - Ramphocaenus melanurus

O Bico-assovelado (Ramphocaenus melanurus) é uma ave Passeriformes da família Polioptilidae. Conhecido também como garrincha-do-mato-virgem (Minas Gerais), ma-träbinó (nome indígena - Mato Grosso) e balança-rabo-de-bico-longo.

Seu nome científico significa: do (grego) rhamphos = bico; e kainos = estranho; e do (grego) melas = preto; e oura = cauda. ⇒ (Ave com) bico estranho e cauda preta.

Características

Mede cerca de 13 centímetros de comprimento e pesa 9 gramas.

Pula entre os emaranhados de vegetação em busca de insetos. Às vezes participa de bandos mistos de insetívoros.

Varia de incomum a localmente comum no sub-bosque de florestas úmidas e capoeiras, emaranhados de cipós e taquarais nas bordas e arbustos em clareiras. Vive solitário, aos pares ou em pequenos grupos familiares.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Reserva Salto Morato - Guaraqueçaba-PR.

Publicado em Espécies
Página 1 de 6

Temos 15 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.