|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
flamingo

flamingo

Quarta, 08 Setembro 2010 20:53

Apodiformes

Ordem Apodiformes Peters, 1940 
Andorinhas e beija-flores

Os Beija-flores são pequenos, mas valentes, defendem seus territórios até mesmo de aves bem maiores. Gostam bastante de água e tomam banho em poças no chão ou em bromélias, lançam-se contra folhas e se molham na umidade destas. Tomam demorados banhos de sol para a termorregulação da temperatura de seus corpos e para compensarem a excessiva perda de energia decorrente de sua escassa massa corporal. Entram em estado de semitorpor em dias excesssivamente frios e durante a noite. Pernoitam em locais protegidos na vegetação ou em escarpas rochosas, diminuindo o ritimo de seu batimento cardíaco. Algumas espécies realizam migrações sazonais, decorrentes da floração anual de certas plantas, árvores e arbustos. 

Família Apodidae - Olphe-Galliard, 1887 - Andorinhões, taperuçus e afins 
Família Trochilidae - Vigors, 1825 - Beija-flores, rabos-brancos e afins


Quarta, 18 Agosto 2010 00:00

Pica-pau-branco - Melanerpes candidus

pica-pau-brancoO Birro, Pica-pau-branco (Melanerpes candidus),  é uma ave da ordem dos Piciformes, pertencendo a família  Picidae. Também é conhecido como birro ou cri-cri, sendo estes nomes referentes ao seu canto.

Características

28,5 cm. Cabeça, pescoço, partes inferiores e dorso inferior brancos; barriga amarela; macho com a nuca amarela; costas, asas e cauda negras; linha negra que desce dos olhos até as costas; região perioftálmica nua e amarelo-alaranjada.

Registro feito no Parque Iguaçu. 

birro

birro

clique

birro6  

birro

Terça, 27 Julho 2010 00:00

Talha-mar - Rynchops niger

talha-marO Talha-mar (Rynchops niger),  é uma ave da ordem dos  Charadriiformes, pertencendo a família dos Rynchopidae. É conhecido também como Corta-água, Talha-mar-preto, Corta-mar, Bico-rasteiro, Gaivota-de-bico-tesoura e Paaguaçu.

Características

Mede cerca de 50 cm de comprimento. Pesca geralmente durante o crepúsculo e à noite, voando rente à água e com a parte inferior do bico mergulhada, como se estivesse arando. Habita praias de grandes rios e lagos, estuários e praias ao longo da costa. Vive em grupos maiores apenas durante o período reprodutivo, e aos pares ou em pequenos grupos, fora deste. Freqüentemente é visto descansando nas praias em meio a outras espécies, como gaivotas e trinta-réis.

Registro feito em Guaratuba - PR.

talha-mar

talha-mar 

 clique

talha2

 

talha-mar_20100727_1739176317

Terça, 27 Julho 2010 00:00

Ferro-velho - Euphonia pectoralis

O Ferro-velho  (Euphonia pectoralis) é uma ave Passeriformes da família Fringillidae. É conhecido também como alcaide, gaita, gaturamo-rei (Minas Gerais), serrador e tieté.

Seu nome científico significa: do (grego) euphonia, euphony = excelência do tom; e do (latim)pectoralis, pectus = referente ao peito. ⇒ Ave com tom de voz excelente e com o peito castanho; Latham- 1801.

Características

Mede 11,5cm de comprimento e pesa cerca de 16,5g (macho).

O macho tem as partes superiores, garganta e peito azul-metálicos, contrastando com a barriga castanha e a fêmea é olivácea nas partes superiores e cinzenta nas inferiores, e com o boné (píleo) azul, que nos imaturos é verde.

Nome em Inglês - Chestnut-bellied Euphonia

Ferro-velho - Euphonia pectoralis clique
Ferro-velho - Euphonia pectoralis  
Ferro-velho - Euphonia pectoralis  

O Beija-flor-cinza (Aphantochroa cirrochloris) pertence à Ordem Apodiformes e à Família Trochilidae.

Características

Possui o corpo cinza-esverdeado, sendo mais cinza no peito e abdômen e mais verde na cabeça e na cobertura das asas. A cauda e as penas de vôo(rêmiges) são cinza-escuras quase pretas. O bico é preto.

Registro feito na chácara do Kleber em Guaraqueçaba-PR, e também em Guaratuba-PR

Beija-flor-cinza - Aphantochroa cirrochloris

 

clique

beija-flor-cinza

Quarta, 14 Julho 2010 00:00

Beija-flor-rajado - Ramphodon naevius

O Beija-flor-rajado (Ramphodon naevius) pertence à Ordem Apodiformes e à Família Trochilidae. Devido à perda de habitat está classificado como próximo a entrar em perigo de extinção(fonte: BirdLife International).

Características

É um beija-flor grande, pesa 10 gramas. É pardo e tem o peito estriado de preto, a garganta é laranja-escuro com uma listra no meio e a mandíbula é amarela. Também tem uma mancha amarelada no supercílio e a cauda é larga e curta com as penas laterais pardo-claras. A fêmea apresenta o bico com uma leve curvatura para baixo enquanto o macho possui o bico retilíneo, o que pode ser explicado por diferença de hábitos alimentares, além disso o macho possui a faixa superciliar esbranquiçada.

Registro feito na chácara do Kleber em Guaraqueçaba-PR

beija-flor-rajado

beija-flor-rajado

clique

beija-flor-rajado

Terça, 13 Julho 2010 00:00

Cambacica - Coereba flaveola

A Cambacica (Coereba flaveola) é uma ave Passeriformes é a única espécie da família Thraupidae, no sistema classificativo tradicional. É também conhecida como mariquita, chupa-mel, chiquita (Rio de Janeiro), sebinho (Minas Gerais), caga-sebo, cabeça-de-vaca (interior de São Paulo), sibite (Ceará), sebito e guriatã-de-coqueiro (Pernambuco), sebinho, papa-banana (Rio Grande do Sul), saí e tem-tem-coroado (Pará), sibito-de-manga (Maranhão). Nos sistemas classificativos anteriores à taxonomia de Sibley-Ahlquist, a cambacica classificava-se numa família própria, Coerebidae.

Seu nome científico significa: do (tupy) coereba = nome indígena de origem tupy para um pequeno pássaro azul, preto e amarelo, não confirmado em Garcia (1929); e do (latim)flaveola, flaveolus = diminutivo de flavus = dourado, amarelo. ⇒ pássaro amarelinho.

Nome em Inglês - Bananaquit

Características

Mede aproximadamente 10,8 cm e pesa cerca de 10g. Tem o dorso marrom, o peito e o abdome amarelos, o pescoço cinza e a cabeça listrada preta e branca, não apresentando diferenças na plumagem em relação aos machos e fêmeas.

Registro feito  em Guaraqueçaba-PR na chácara do Kleber, também observado em Guaratuba-PR.

Cambacica - Coereba flaveola clique
Cambacica  

 

 

 

Segunda, 12 Julho 2010 00:00

Saíra-militar - Tangara cyanocephala

Saíra-militar (Tangara cyanocephala) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Também conhecida como saíra-de-lenço, soldadinho e verdelim (NE).

Características

Apresenta a evidente faixa vermelho vivo ao redor do pescoço e coroa azul metálico no alto da cabeça. Nas fêmeas a faixa vermelha é mais apagada, tendendo à tonalidade canela. Corpo em tonalidade verde uniforme, com dorso negro e faixa amarela sobre as penas verdes das asas. As aves das populações do Sul do Brasil, tendem a apresentar tamanho corporal acima da média de 11 cm. Por sua vez, as saíras-militares do Nordeste são menores, abaixo da média padrão.

Registro feito  em Guaraqueçaba-PR na chácara do Kleber.

saira militar

saira-militar

clique

saira-militar

saira militar

Segunda, 12 Julho 2010 00:00

Saira-sete-cores - Tangara seledon

Saira-sete-cores (Tangara seledon) é uma ave Passeriforme da família Thraupidae. Também conhecida como Saíra-de-bando.

Características

Mede cerca de 13,5 cm de comprimento e pesa 18g. A fêmea é mais pálida e ao imaturo falta a cor viva do uropígio.

Registro feito  em Guaraqueçaba-PR na chácara do Kleber.

saira-sete-cores

clique 

saira-sete-cores

Página 15 de 16

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Temos 146 visitantes e Nenhum membro online

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.