|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Terça, 23 Junho 2015 13:59

Saíra-amarela - Tangara cayana

saira-amarelaA Saíra-amarela (Tangara cayana) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Também é conhecida popularmente pelos nomes saí-de-asas-verdes, saí-amarelo, saíra-cabocla, capelo e sanhaço-caboclo (Minas Gerais), guriatã-do-coqueiro (Rio Grande do Norte) e sanhaçu-macaco (Ceará), Frevicente (Pernambuco), sanhaçu-íris (São Paulo).

Seu nome significa: (ave dançarina de Caiena ou vinda de Caiena.).

Características

O macho possui uma plumagem de coloração amarelo-dourada e uma notável máscara negra, que se estende pela garganta e passa pelo meio de toda a barriga. A fêmea é mais pálida e não possui a máscara de cor negra. Em ambos os sexos as asas apresentam uma coloração verde brilhante.

Pesa cerca de 20 gramas e mede 15 centímetros.

Habita matas abertas e ciliares, áreas cultivadas, parques e jardins. Vive aos pares ou em pequenos grupos.

Registro feito em São Pedro-SP e Neves Paulista-SP

Saíra-amarela - Tangara cayana clique
Saíra-amarela - Tangara cayana  Casal  
Publicado em Espécies

saira-ferrugemA Saíra-ferrugem (Hemithraupis ruficapilla) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Conhecida também como figuinha-amarela, chefe-de-saíra, pintassilgo-da-mata, saíra-da-mata e chama-bando. Esta é uma espécie endêmica do Brasil. Existem duas subespécies: H. r. bahiae e H. r. ruficapilla.

Seu nome significa: do (grego) hemi = metade, semi, pequeno; thraupis = Tangará; (latim)rufus = vermelho, castanho; capillus= coroado; cabelo. ⇒ Pequeno tangará de cabeça castanha.

Características

O macho apresenta a cabeça em cor ferrugem, com os lados do pescoço amarelados e o peito marrom-claro. A fêmea é quase toda esverdeada, sendo mais clara nas partes inferiores. Tem 14 cm de comprimento e pesa 13g.

Registro feito em Morretes.

saira-ferrugem

clique

Publicado em Espécies
Sábado, 24 Dezembro 2011 11:32

Saíra-de-papo-preto - Hemithraupis guira

saira-de-papo-preto

A Saíra-de-papo-preto (Hemithraupis guira) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Conhecida também como Pintassilgo-do-papo-preto.

Características

O macho é mais colorido do que a fêmea, com o amarelo vivo do olho das aves adultas destacando-se contra o negro dominante na cabeça e lados do pescoço. Entre o olho e o bico, uma listra branca, mesma cor das partes inferiores. O dorso é cinza levemente azulado, assim como a cauda. As penas longas das asas são cinza escuro, ocasionalmente observadas na ave pousada. Já a fêmea possui a mesma distribuição geral de cores, exceto o negro da cabeça. A íris é amarelo mais apagado, assim como o cinza das costas. Partes inferiores com tom levemente amarronzado. O bico é amarelado, enquanto no macho é cinza na base com a ponta escura.

Tem cerca de 13 centímetros e pesa aproximadamente 14 gramas. Chama a atenção pelo branco puro do loro e do lado inferior que contrasta com o negro do píleo. Tem manto cinzento, íris e pernas amarelas. A fêmea não tem o desenho negro tendo o seu lado inferior amarelo e mandíbula branca.
 
Sempre muito ativos durante as caçadas, ocasionalmente emitem um chamado curto e assobiado
Mede cerca de 13 cm de comprimento e pesa 10 g. O macho possui as laterais da cabeça e a garganta pretas, uma estria amarela sobre o olho e o peito com um colar ferrugíneo e a fêmea apresenta a cabeça olivácea e o peito amarelado.

Registro feito em Londrina-PR e Irati-PR

saira-do-papo-preto

clique

Publicado em Espécies
Sábado, 24 Dezembro 2011 11:27

Saíra-de-chapéu-preto - Nemosia pileata

saira-de-chapeu-preto

A Saíra-de-chapéu-preto (Nemosia pileata) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Em muitos lugares do Nordeste é conhecida como azedinho.

Características

O macho é mais colorido do que a fêmea, com o amarelo vivo do olho das aves adultas destacando-se contra o negro dominante na cabeça e lados do pescoço. Entre o olho e o bico, uma listra branca, mesma cor das partes inferiores. O dorso é cinza levemente azulado, assim como a cauda. As penas longas das asas são cinza escuro, ocasionalmente observadas na ave pousada. Já a fêmea possui a mesma distribuição geral de cores, exceto o negro da cabeça. A íris é amarelo mais apagado, assim como o cinza das costas. Partes inferiores com tom levemente amarronzado. O bico é amarelado, enquanto no macho é cinza na base com a ponta escura.

Tem cerca de 13 centímetros e pesa aproximadamente 14 gramas. Chama a atenção pelo branco puro do loro e do lado inferior que contrasta com o negro do píleo. Tem manto cinzento, íris e pernas amarelas. A fêmea não tem o desenho negro tendo o seu lado inferior amarelo e mandíbula branca.
 
Sempre muito ativos durante as caçadas, ocasionalmente emitem um chamado curto e assobiado
O macho é mais colorido do que a fêmea, com o amarelo vivo do olho das aves adultas destacando-se contra o negro dominante na cabeça e lados do pescoço. Entre o olho e o bico, uma listra branca, mesma cor das partes inferiores. O dorso é cinza levemente azulado, assim como a cauda. As penas longas das asas são cinza escuro, ocasionalmente observadas na ave pousada. Já a fêmea possui a mesma distribuição geral de cores, exceto o negro da cabeça. A íris é amarelo mais apagado, assim como o cinza das costas. Partes inferiores com tom levemente amarronzado. O bico é amarelado, enquanto no macho é cinza na base com a ponta escura.Tem cerca de 13 centímetros e pesa aproximadamente 14 gramas. Chama a atenção pelo branco puro do loro e do lado inferior que contrasta com o negro do píleo. Tem manto cinzento, íris e pernas amarelas. A fêmea não tem o desenho negro tendo o seu lado inferior amarelo e mandíbula branca.
Sempre muito ativos durante as caçadas, ocasionalmente emitem um chamado curto e assobiado.

Registro feito em Londrina-PR

saira-do-chapeu-preto

 clique

Publicado em Espécies
Sexta, 19 Novembro 2010 12:58

Saira-lagarta - Tangara desmaresti

saira-lagartaSaira-lagarta (Tangara desmaresti) é uma ave Passeriforme da família Thraupidae. Também conhecida como Saíra-da-serra e Saíra-verde.

Características

Mede cerca de 13,5 cm de comprimento. Não apresentam dimorfismo sexual. A vocalização consiste de sons curtos e agudos “zi-zi-zi-zip” entoados por um indivíduo e acompanhados pelos componentes do bando.

Registro feito em Quatro Barras na Estrada do Campo de Asa Delta na companhia dos amigos do Wikiaves Reni Santos e do Frederico Swarofsky com seu pai Mauro.

Publicado em Espécies
Segunda, 12 Julho 2010 00:00

Saíra-militar - Tangara cyanocephala

Saíra-militar (Tangara cyanocephala) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Também conhecida como saíra-de-lenço, soldadinho e verdelim (NE).

Características

Apresenta a evidente faixa vermelho vivo ao redor do pescoço e coroa azul metálico no alto da cabeça. Nas fêmeas a faixa vermelha é mais apagada, tendendo à tonalidade canela. Corpo em tonalidade verde uniforme, com dorso negro e faixa amarela sobre as penas verdes das asas. As aves das populações do Sul do Brasil, tendem a apresentar tamanho corporal acima da média de 11 cm. Por sua vez, as saíras-militares do Nordeste são menores, abaixo da média padrão.

Registro feito  em Guaraqueçaba-PR na chácara do Kleber.

saira militar

saira-militar

clique

saira-militar

saira militar

Publicado em Espécies
Segunda, 12 Julho 2010 00:00

Saira-sete-cores - Tangara seledon

Saira-sete-cores (Tangara seledon) é uma ave Passeriforme da família Thraupidae. Também conhecida como Saíra-de-bando.

Características

Mede cerca de 13,5 cm de comprimento e pesa 18g. A fêmea é mais pálida e ao imaturo falta a cor viva do uropígio.

Registro feito  em Guaraqueçaba-PR na chácara do Kleber.

saira-sete-cores

clique 

saira-sete-cores

Publicado em Espécies
Quarta, 30 Junho 2010 00:00

Saíra-viúva - Pipraeidea melanonota

Saíra-viúva (Pipraeidea melanonota) é uma ave Passeriforme da família Thraupidae. São vistas sozinhas ou aos pares. Freqüentemente fazem parte do grande número de pássaros que se reunem nas árvores frutíferas e aí destacam-se pelo seu colorido.

Características

Inconfundível pelo brilhante azul-claro do alto da cabeça, pela máscara negra e pelo amarelo-ferrugíneo das partes inferiores. A fêmea e o imaturo possuem a máscara apenas esboçada ou ausente.

Registro feito no  Jardim Botânico

saira-viuva

clique

sara-viva_20100630_1021533542

Publicado em Espécies
Quarta, 02 Junho 2010 00:00

Saíra-preciosa - Tangara preciosa

saira-preciosaSaíra-preciosa (Tangara preciosa) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Também chamada de saíra-de-cara-suja .

Seu nome científico significa: do (tupi) Tangará = dançarino; ata = andar; e carã = em volta; e do (latim) preciosus = precioso, preciosa. ⇒ Dançarino precioso.

Características

O macho é uma das saíras mais coloridas possuindo a cabeça, pescoço, crisso e dorso marrons claro dai vem um de seus nomes comuns saíra-de-cara-suja, uropígio e coberteiras da asa creme, garganta, peito e barriga verde-água, rêmiges e rectrizes azul claro, bico preto e uma faixa preta que vai do olho ao bico e pernas cinzas. As fêmeas são menos coloridas só possuem a cabeça marrom claro e o resto do corpo em tons verdes. Jovens e filhotes são pardos com asas e cauda esverdeados. Tanto machos como fêmeas medem 15 cm.

Registro feito no Parque Iguaçu e Parque Barigui, também observado no jardim Botânico e a fêmea foi registrada no Centro Politécnico.

saira-preciosa sara-preciosa clique
saira-preciosa-macho
sara-viva_20100630_1255581191
saira-preciosa
Publicado em Espécies

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Temos 25 visitantes e Nenhum membro online

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.