|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
flamingo

flamingo

Sexta, 13 Outubro 2023 19:52

Expedição Amazônoa 2023

Em 2023, embarcamos em uma emocionante expedição à Amazônia em busca da lendária cigana ( Opisthocomus hoazin). Nossa jornada começou cedo, partindo de Manaus em direção ao Ramal Sete de Setembro, situado na cidade de Iranduba.

A cidade amanheceu envolta por uma cortina de fumaça, resultado das queimadas que acontecem na região, e que carregadas pelo vento, aliada à estiagem transformam a paisagem em uma névoa densa. No entanto, esse obstáculo não foi capaz de deter nossa determinação e entusiasmo pela expedição.

Nossa equipe, composta pelo grupo de entusiastas do birdwatching teve a honra de contar com a presença do amigo Izaias Miranda e pelo Fernando e sua esposa Pâmela, que tornaram a experiência ainda mais enriquecedora.

Nossa alegria foi imensa já no início da expedição, quando conseguimos registrar avistamentos da cigana. No entanto, essa não foi a única surpresa que a Amazônia nos reservou. Durante a jornada, pudemos avistar diversas espécies de aves, adicionando muitos "lifers" à nossa lista, como o formigueiro-preto-e-branco (Myrmochanes hemileucus), a choca-selada (Thamnophilus cryptoleucus), o joão-de-peito-escuro (Synallaxis albigularis) e o chincoã-pequeno (Coccycua minuta).

A verdadeira surpresa, no entanto, foi a identificação do pia-cobra do norte, uma espécie recentemente distinta pelos ornitólogos devido à sua localização única. Essa ave é encontrada apenas na região norte do Brasil, diferenciando-se de uma outra espécie que habita o sul do país.

Além das aves, registramos também uma grande variedade de borboletas, mostrando a riqueza da biodiversidade amazônica.

Para repor nossas energias, desfrutamos de um delicioso almoço composto por uma generosa porção de tambaqui, acompanhada de uma saborosa farofa e o tradicional baião de dois. A culinária regional, com sabores autênticos, fez parte da nossa jornada pela Amazônia, tornando a expedição ainda mais memorável.


Zap
DSC 4355
DSC 4685
DSC 4485
DSC 4457
DSC 4525
DSC 4550
DSC 4603

No dia 30 de Setembro, realizamos o nosso segundo encontro com as crianças da 1ª Igreja Evangélica Irmãos Menonitas do Boqueirão, em colaboração com o engajado Adolf Krüger.

Nesta ocasião especial, nos dedicamos para enfatizar a importância da reciclagem de garrafas PET, caixas de leite e outras embalagens, transformando-as em comedouros e bebedouros para nossos amigos emplumados, os pássaros.

Ficou evidente o envolvimento e a compreensão do valor da reciclagem por parte das crianças, mesmo sendo bem pequenas. Esse aprendizado é fundamental para o futuro de nosso planeta.

Além disso, revisitamos o tema da tarefa da semana anterior, que tratava do fascinante grimpeiro (Leptasthenura setaria), ave-símbolo de Curitiba. Ficamos impressionados com a quantidade de pesquisas realizadas pelas crianças e até mesmo com os desenhos que trouxeram, demonstrando um entusiasmo genuíno por esse tema.

Também tivemos a oportunidade de examinar as cadernetas de anotações, nas quais as crianças registraram as espécies de aves que avistaram durante a semana. Muitas delas apresentaram listas repletas de observações interessantes, mostrando o desenvolvimento dessas habilidades de observação.

Ao final do encontro, compartilhamos informações sobre como instalar corretamente os comedouros, enfatizando a importância de mantê-los limpos. Também reforçamos o compromisso de cuidar das aves que virão em busca de alimento.

Este encontro representou mais um passo importante em nossa jornada de educação ambiental, proporcionando às crianças conhecimento prático e inspiração para preservar a vida selvagem e o meio ambiente. Parabéns a todos os envolvidos, incluindo nosso parceiro Adolf Krüger, por seu compromisso e dedicação a esta causa tão nobre."


02
01
03
04
05
06
07
08
09
10
11
Grimpeiro

Sábado, 23 Setembro 2023 15:05

Evento sobre Estudos dos Pássaros.

O Passarinhando teve uma experiência maravilhosa participando de um evento sobre observação de aves com as crianças da 1ª Igreja Evangélica Irmãos Menonitas de Curitiba! Foi interessante ver a empolgação das crianças em aprender sobre o comportamento das aves e o que se pode fazer para conservar o ambiente em que elas vivem.

A parceria com Adolf Krüger enriqueceu ainda mais a experiência, compartilhando conhecimentos e perspectivas sobre a observação de aves. Neste caso foi importante começar com uma conversa informal e descontraída, especialmente com crianças, para criar um ambiente de aprendizado agradável e acessível.

As lições sobre a diferença entre as espécies, a construção de comedouros e a importância da conservação do ambiente são fundamentais para que as crianças entendam como podem contribuir para a preservação da vida selvagem. A prática de campo planejada para o próximo encontro permitirá que elas vejam as aves em seu habitat natural, o que certamente será uma experiência emocionante e educativa.

A frase final, "é conhecendo que se pode conservar", é muito poderosa. Ao educar as crianças sobre a natureza e as aves, você está ajudando a criar futuros defensores do meio ambiente e da vida selvagem.

 

É ótimo saber que a equipe do Passarinhando teve a oportunidade de conhecer o sítio Mainoi, uma fazenda urbana em Piraquara, Paraná. Parece ser um projeto interessante e sustentável idealizado pelo agrônomo Marcelo Silvério e seu pai Adolar.

Algumas das principais características e princípios desse projeto incluem:

Agricultura Regenerativa: A equipe do Passarinhando está envolvida em práticas de agricultura regenerativa, que visam melhorar a saúde do solo, a biodiversidade e a sustentabilidade do ecossistema agrícola.

Cultivo Agroecológico: O cultivo agroecológico enfatiza a integração de práticas agrícolas sustentáveis, promovendo a harmonia entre a agricultura e o ambiente, enquanto evita o uso de produtos químicos sintéticos.

Uso de Sementes Crioulas: O uso de sementes crioulas é uma prática importante para preservar a diversidade genética das plantas, evitando o uso de sementes transgênicas e promovendo variedades tradicionais.

Participação Comunitária: O envolvimento da comunidade é uma parte fundamental desse projeto, com o compartilhamento de tarefas de plantio, colheita e preparo do solo por meio de mutirões.

Técnica de Eletrocultura: A técnica de eletrocultura parece ser uma abordagem interessante e inovadora que combina conhecimentos ancestrais com uma perspectiva moderna, graças à contribuição do Físico Quântico Professor Osvaldo J. Santos. Essa técnica utiliza antenas para promover o crescimento e a saúde das plantas, oferecendo uma alternativa intrigante para o cultivo convencional.

É encorajador ver iniciativas como essa que promovem a agricultura sustentável, a preservação da biodiversidade e a colaboração comunitária. Projetos como o sítio Mainoi têm o potencial de inspirar outros a adotar práticas agrícolas mais ecológicas e conscientes.

 


Serviço:

SÍTIO MAINOÍ - Rua Calondela, 55 em Piraquara

Marcelo Silvério - https://www.instagram.com/marcelo_silverio

Agroecologia e Movimento - https://www.instagram.com/agroecologia.emmovimento


 

Quinta, 01 Junho 2023 14:19

Guará Retorna ao Paraná

Isso é uma notícia fantástica! O guará (Eudocimus ruber), ave símbolo do litoral paranaense, ter voltado a se instalar na Baía de Guaraqueçaba após décadas de ausência é um evento significativo para a conservação da biodiversidade. O fato de a ave ter ficado extinta por cerca de 80 anos torna o seu retorno ainda mais especial.

O guará é uma espécie de ave da família Threskiornithidae, conhecida por sua plumagem vermelha vibrante e seu bico longo e curvado. Essa espécie é nativa das regiões costeiras da América do Sul, incluindo o litoral do Brasil. No entanto, devido à caça predatória e à destruição do seu habitat natural, a população de guarás foi severamente reduzida ao longo dos anos.

O retorno do guará à Baía de Guaraqueçaba é um indicativo positivo do esforço de conservação realizado na região. Isso inclui a proteção de áreas naturais, a implementação de medidas de preservação e a conscientização sobre a importância da conservação da fauna e flora local.

A volta do guará também é um sinal de que os ecossistemas costeiros do Paraná estão se recuperando e fornecendo condições adequadas para a sobrevivência da espécie. É fundamental continuar com os esforços de conservação para garantir a proteção dessas aves e de seu habitat, a fim de que elas possam se estabelecer e se reproduzir com sucesso.

Essa notícia é um lembrete da importância da preservação ambiental e da necessidade de promover práticas sustentáveis para garantir a sobrevivência de espécies ameaçadas. A volta do guará ao litoral paranaense é um motivo de celebração e destaca a capacidade da natureza de se recuperar quando são fornecidas condições adequadas para a sua regeneração.

Sábado, 06 Maio 2023 15:45

Big Day 2023

Que incrível! Parece que o Passarinhando terá uma experiência única na Reserva Natural do Salto Morato. A Fundação Grupo Boticário fez um convite bastante especial para observar aves e se envolver na conservação da natureza. A Reserva é um lugar impressionante, localizada em Guaraqueçaba, no Paraná, é considerada uma das maiores e mais preservadas áreas de Mata Atlântica no Brasil.
A Reserva Natural do Salto Morato é reconhecida pela sua importância ambiental e beleza cênica. Em 1999, juntamente com outras unidades de conservação da região, recebeu o reconhecimento da Unesco o Título do Patrimônio Natural da Humanidade. Isso demonstra o valor único desse local e a necessidade de proteger sua biodiversidade.
Até o momento, já foram registradas diversas espécies de plantas, mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes na reserva. Com 646 espécies de vegetais, 98 espécies de mamíferos, 325 espécies de aves, 36 espécies de répteis, 60 espécies de anfíbios e 57 espécies de peixes, a biodiversidade nesse local é impressionante.
O Global Big Day, que acontecerá em 13 de maio, é uma oportunidade fantástica para o Passarinhando e outras pessoas ao redor do mundo se reunirem e observarem aves. É um evento global que busca envolver entusiastas da observação de aves para registrar o maior número possível de espécies em um único dia. Essa iniciativa é importante para aumentar o conhecimento sobre as aves e promover a conscientização sobre a conservação da natureza.
Certamente, essa aventura na Reserva Natural do Salto Morato será uma experiência enriquecedora e inspiradora para todos os participantes. A oportunidade de conhecer a diversidade de aves e contribuir para a conservação da natureza é algo muito especial.

Segunda, 08 Maio 2017 15:01

Vem passarinhar em Salto Morato

A Fundação Boticário junto com a SAVE Brasil convidou o Passarinhando para uma aventura especial: Observar aves na Reserva Natural do Salto Morato. Além dessa proposta inicial, que é a ampliação do conhecimento sobre os hábitos das aves da região e a conservação da natureza, o encontro visou inspirar e unir as pessoas na grande causa ambiental.  

Pela quarta vez o Passarinhando participou deste encontro que aconteceu nos dias 06 e 07 de maio. 

A SAVE Brasil desenvolve um projeto chamado Cidadão Cientista, que visa promover a observação e o monitoramento de aves no Brasil como ferramenta de conservação das espécies e seus habitats através do engajamento da sociedade seguindo o conceito de ciência cidadã.

A Reserva Natural Salto Morato, possui 2.253 hectares e está localizada no maior e mais preservado remanescente contínuo de Mata Atlântica do país, em Guaraqueçaba-PR, numa região reconhecida pela sua riqueza natural e beleza cênica. Em 1999, junto com outras unidades de conservação da região, a Reserva foi reconhecida pela Unesco como Sítio do Patrimônio Natural da Humanidade. Hoje, é considerada referência em manejo de reserva natural.
Até hoje, foi registrada a ocorrência de 646 espécies vegetais vasculares, 98 espécies de mamíferos, 325 espécies de aves, 36 espécies de répteis, 60 espécies de anfíbios e 57 espécies de peixes na Reserva Natural Salto Morato.
No monitoramento observamos mais de 100 espécies de aves, as quais, neste álbum, destaco as fotos de algumas delas!

Página 1 de 16

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Temos 34 visitantes e Nenhum membro online

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.