|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Quinta, 14 Outubro 2010 17:18

Maçarico-de-colete - Calidris melanotos

macarico-de-coleteO Maçarico-de-colete (Calidris melanotos),é uma ave da ordem Charadriiformes, pertencendo a família dos Scolopacidae. Também conhecido como perna-de-pau e maçaricão, Pernilongo-de-costas-brancas.

Características

Tem cerca de 22 centímetros. Possui ranfoteca elástica e ponta do bico sensível. Ave migratória. Distribui-se do Novo Mundo à Sibéria. Quando visita o Brasil, pode ser encontrado tanto no interior como no litoral, até o Rio Grande do Sul.

macarico-de-colete

clique

Publicado em Espécies
Domingo, 06 Março 2011 00:00

Tecelão - Cacicus chrysopterus

tecelaoO Tecelão (Cacicus chrysopterus) é uma ave Passeriforme da família  Icteridae

Também é conhecida simplesmente por soldado, ou ainda por melro, nhapim, pega e japim-soldado.

Características

Tem cerca de 20,5 centímetros. É delgado, de cauda longa, negra. Tem uropígio e coberteiras superiores médias das asas amarelas cor de enxofre. Seu bico é cinzento-azulado claro, a íris é branca ou pardo clara.
Possui uma voz nasal: “quä-ä”. Seu canto: “dü, düliö-di di”
Primeiro registro em 28/09/2010.
 
Registro feito em Campina Grande do Sul na Estrada do Imperador (Graciosa) na compania do amigo do Wikiaves Walther Grube.
Registro feito em Curitiba no Parque Iguaçu.

Tecelão

Tecelão

clique 

Tecelão

Publicado em Espécies
Domingo, 19 Setembro 2010 00:00

Risadinha - Camptostoma obsoletum

risadinhaO Risadinha (Camptostoma obsoletum) é uma ave Passeriforme da família Tyrannidae. Também conhecido como alegrinho, assovia-cachorro, miudinho (PE) e papa-mosquito, o risadinha. Uma das aves mais comuns nos mais diversos ambientes. Ocorre desde a Floresta Amazônica até área de campos com arbustos de todo o país, adaptando-se a ambientes urbanos com alguma arborização.

Características

Mede cerca de 11,5 cm. Observando a ave, é possível notar que a cabeça é um pouco mais acinzentada do que as costas, levemente esverdeadas (isso na pena nova, depois da muda feita entre janeiro e março; posteriormente, acinzentada). Também com as penas novas, destaca-se a listra branca superciliar. Atrás do olho, linha escura, fina, ressalta a sobrancelha longa. Bico escuro na ponta e base alaranjada, nítida na maior parte das observações. Costuma eriçar as penas do alto da cabeça, formando um semi-topete, com aspecto de despenteado; outras vezes, penas achatadas contra a cabeça, dando aspecto arredondado a essa área. Barriga amarelada (pena nova, com o desgaste, cinza) e duas listras nas asas, mais amarronzadas depois da muda e desbotadas após algum tempo, ficando amareladas ou cinza.

Registro feito no No Parque Iguaçu e  em Quatro Barras

risadinha

risadinha 

clique

risadinha

 

risadinha
Publicado em Espécies
Quarta, 01 Setembro 2010 12:01

Pato-do-mato - Cairina moschata

pato-do-matoO Pato-do-mato (Cairina moschata) . É uma ave  Anseriformes da Família Anatidae. Foi domesticado pelos grupos indígenas da América do Sul por sua carne. É o ingrediente fundamental do prato paraense, pato no tucupi, também de origem indígena.

Características

O macho é quase o dobro do tamanho das fêmeas e juvenis. Quando passam voando juntos, é possível distinguir os sexos no ar. Apresenta um comprimento de aproximadamente 85 centímetros, uma envergadura de 120 centímetros, um peso no macho de 2,2 kg, sendo que a fêmea pesa aproximadamente a metade. Ao contrário dos exemplares domésticos, as aves selvagens têm o corpo todo negro, com uma área branca nas asas. Esse branco é visível quando pousado. Ao voar, fica nítido e é bastante extenso. Aumenta com a idade, sendo uma pequena bola nas aves juvenis. Além do tamanho, os machos possuem outra característica exclusiva. A pele nua ao redor dos olhos vermelha, bem como uma carúncula da mesma cor acima da base do bico. Não emitem chamados em vôo ou pousados, somente um sibilo agressivo nas disputas entre machos, produzido pelo ar expulso com força pela boca entreaberta. A batida de asas é relativamente lenta e produz um sibilar notável, quando passam próximos. 

pato-do-mato femea

pato-do-mato

clique

pato-do-mato

 

 

pato_do_mato
Publicado em Espécies
Terça, 10 Agosto 2010 00:00

Rolinha-picui - Columbina picui

rolinha-picuiA Rolinha-picui (Columbina picui)  é uma ave Columbiforme da família Columbidae.

Características

No nordeste, a plumagem é toda branca, vindo daí um dos nomes comuns. No Pantanal, domina um tom pardo-amarronzado. Na asa, a listra escura (iridescente, sob ótimas condições de luz) é característica. Ao voar, destaca-se a grande área branca da asa e outra área branca na cauda. Ao levantar vôo, tais áreas brancas podem confundi-la com a Fogo-apagou. Íris arroxeada, com uma fina listra escura até o bico.

Registro feito em Laurentino-SC

rolinha-picui

clique

Publicado em Espécies

martim-pescador-pequenoO Martim-pescador-pequeno (Chloroceryle americana),  é uma ave  Coraciiforme da Família Alcedinidae.
É o representante mais comum no Brasil. É conhecido também pelos nomes de ariramba-pequeno, martim-cachaça e martim-pescador. Vive ao longo de rios, lagos e orla marítima, mangues, embocaduras de rios, em florestas ou áreas abertas, onde haja árvore para o pouso.

Características

Mede 19 cm. Partes superiores verde bem escuras contrastando com uma faixa branca saliente e sedosa que liga a base do bico à nuca, onde é atravessada pelo penacho nucal; asas atravessadas por 3 linhas transversais de manchas brancas; bases das retrizes externas brancas. O macho tem as partes inferiores brancas com o peito castanho e a fêmea com peito amarelado ou branco manchado de verde.

Registro feito em Guaratuba - PR

martim-pescador-pequeno

martim-pescador-pequeno 

clique 

 

martim-pescador-pequeno

 

martim-pescador-pequeno_20100727_2012875445

Publicado em Espécies

batuira-de-bandoA Batuíra-de-bando (Charadrius semipalmatus),  é uma ave da ordem dos  Charadriiformes, pertencendo a família dos Charadriidae. Também são chamadas de agachada, agachadeira, batuíra, Batuíra-de-bando, batuíra-norte-americana, maçarico, maçarico-semipalmado, pinga-pinga.

Características

Chegam a medir até 18 cm de comprimento, com o alto da cabeça e partes superiores marrons, fronte, garganta, partes inferiores e colar nucal brancos. Além disso, possuem o bico curto de base amarelada e pernas amarelas, utiliza freqüentemente as praias brasileiras como locais de invernada e pontos de parada quando migram de países norte-americanos.

Registro feito em Guaratuba - PR.

batuira-de-bando

batuira2

clique

batura-de-bando_20100727_1670341291

Publicado em Espécies
Terça, 27 Julho 2010 00:00

Saí-verde - Chlorophanes spiza

O Saí-verde (Chlorophanes spiza) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. É o maior dos “saís”. Também conhecida como saí-tucano (Rio de janeiro) e tem-tem.

Características

Mede 13,5 cm de comprimento e pesa 18,5g (macho). O macho é verde-azulado com o alto e os lados da cabeça pretos e os olhos vermelhos e a fêmea é verde-opaca, com a garganta e o centro da barriga amarelados e os olhos escuros. Tem bico relativamente largo, de mandíbula amarelo-clara.

Registro feito  em Guaratuba - PR .

Saí-verde - Chlorophanes spiza clique
Saí-verde - Chlorophanes spiza

 

 

 

Publicado em Espécies
Terça, 13 Julho 2010 00:00

Viuvinha - Colonia colonus

viuvinhaA Viuvinha (Colonia colonus) é uma ave Passeriforme da família Tyrannidae. Ocorre nas matas das Guianas e Equador até a Bolívia e Paraguai e, de forma local, no Brasil. Graciosa, com silhueta única, destacada pelas longas penas da cauda. É também conhecida como maria-viuvinha, viúva, viuvinha-tesoura e freirinha-da-serra (Minas Gerais).

Características

O contraste entre o negro do corpo e o branco do alto da cabeça é exclusivo desta espécie. Quando voa, é possível ver a grande área branca nas costas, antes da cauda. As duas penas centrais da cauda são muito longas (chegam a 10cm nos machos) e destacam-se pelo comprimento e pelo alargamento nas pontas. As fêmeas possuem-nas menores, embora seja necessário observar o casal junto para ter certeza dos sexos.

Registro feito no Sítio do Kleber em Guaraqueçaba-PR

viuvinha  clique
viuvinha
Publicado em Espécies
Terça, 13 Julho 2010 00:00

Cambacica - Coereba flaveola

A Cambacica (Coereba flaveola) é uma ave Passeriformes é a única espécie da família Thraupidae, no sistema classificativo tradicional. É também conhecida como mariquita, chupa-mel, chiquita (Rio de Janeiro), sebinho (Minas Gerais), caga-sebo, cabeça-de-vaca (interior de São Paulo), sibite (Ceará), sebito e guriatã-de-coqueiro (Pernambuco), sebinho, papa-banana (Rio Grande do Sul), saí e tem-tem-coroado (Pará), sibito-de-manga (Maranhão). Nos sistemas classificativos anteriores à taxonomia de Sibley-Ahlquist, a cambacica classificava-se numa família própria, Coerebidae.

Seu nome científico significa: do (tupy) coereba = nome indígena de origem tupy para um pequeno pássaro azul, preto e amarelo, não confirmado em Garcia (1929); e do (latim)flaveola, flaveolus = diminutivo de flavus = dourado, amarelo. ⇒ pássaro amarelinho.

Nome em Inglês - Bananaquit

Características

Mede aproximadamente 10,8 cm e pesa cerca de 10g. Tem o dorso marrom, o peito e o abdome amarelos, o pescoço cinza e a cabeça listrada preta e branca, não apresentando diferenças na plumagem em relação aos machos e fêmeas.

Registro feito  em Guaraqueçaba-PR na chácara do Kleber, também observado em Guaratuba-PR.

Cambacica - Coereba flaveola clique
Cambacica  

 

 

 

Publicado em Espécies
Página 6 de 8

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Temos 31 visitantes e Nenhum membro online

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.