|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Domingo, 13 Fevereiro 2011 21:08

Coruja-orelhuda - Asio clamator

coruja-orelhudaA Coruja-orelhuda, (Asio clamator) é um Strigiforme da família Strigidae. Conhecida também como coruja-gato (Pernambuco), coruja-listrada e mocho-orelhudo.

França: Hibou Strié
Alemanha: Schreieule
Espanha: Búho Gritón
Primeira descrição: Bubo clamator - Vieillot - 1807 - Localidade: Cayene

Características

Coruja de tamanho médio, medindo de 30 a 38 cm. O macho pesa de 335 a 385 gramas e a fêmea de 400 a 556 gramas. A asa mede de 228 a 294 mm e a cauda de 127 a 165 mm.
Apresenta “orelhas” proeminentes e disco facial claro.
 Olhos marrons escuros. Tarsos e garras emplumados.Alimenta-se de ratos, inclusive dos maiores, e morcegos, anfíbios, répteis e até pintinhos de galinha. 

Período reprodutivo, de Agosto a Setembro (hemisfério Sul).

Faz ninho no chão e em ocos de árvore. Põe de 2-4 ovos (normalmente 3), que são chocados por 33 dias. A fêmea praticamente não sai do ninho durante a incubação, sendo alimentada pelo macho.

Filhotes são capazes de voar entre o 37o e o 46o dia de vida. Aos 130-140 dias de vida os jovens são expulsos do território pelos pais. Frequentemente apenas um filhote é criado.

coruja-orelhuda

 

 

Publicado em Espécies

O Caneleiro-preto (Pachyramphus polychopterus) é uma ave Passeriformes da família Tityridae. Também conhecido como araponguinha, bico-grosso-de-asas-brancas, caneleirinho e caneleirinho-preto.

Características

Aproximadamente 15,5cm. O macho é delgado e de bico largo. A fêmea verde-olivácea com bordas na asa e na cauda, de cor ferrugínea e partes inferiores amareladas.
Manifestações Sonoras: Sua voz desperta muita atenção, forte e sonoro “djöit djöt-djöt-djöt…”. A fêmea tem um canto semelhante ao do macho, mas em menos volume.

Registro feito no Parque Barigui na companhia do amigo do Wikiaves Reni. Registro feito na estarada da Graciosa em Morretes.

caneleiro-preto

clique 

caneleiro-preto

Publicado em Espécies
Quinta, 25 Novembro 2010 12:03

Colhereiro - Platalea ajaja

colhereiroO  Colhereiro (Platalea ajaja) é uma ave da Famíla Threskiornithidae e ordem Pelecaniformes.  Também conhecido como aiaia e colhereiro-americano.

Características

O colhereiro tem um comprimento médio de cerca de 81 cm. O formato de seu bico, que é comprido e possui uma “colher” na extremidade, deu origem a seu nome popular.

Registro feito no Parque Iguaçu.

colhereiro

Colhereiro 

clique

colhereiro

Publicado em Espécies

caminhairo-de-barriga-acaneladaO Caminheiro-de-barriga-acanelada  (Anthus hellmayrié uma ave Passeriformes da família Motacillidae. Também conhecido como caminheiro-capacetinho. Esta espécie é dada como relativamente rara (Sick, Ornitologia Brasileira).

Características

Mede 15 cm de comprimento. De cor castanho-esverdeada, costuma ser identificado pelo seu canto singular; as patas são relativamente altas, o bico é fino e curto e a cauda, longa.

Registro feito no Parque Iguaçu

caminheiro-de-barriga-acanelada

clique

Publicado em Espécies
Sábado, 20 Novembro 2010 14:24

Cigarra-bambu - Haplospiza unicolor

cigarra-bambuA Cigarra-bambu (Haplospiza unicolor) é uma ave Passeriformes da Família Thraupidae. Conhecido também como galo-do-mato, foguinho, tico-tico-rei-vermelho, vinte-um-pintado, cravina, sangue de boi (Rio Grande do Sul), sangrinho(interior de São Paulo) e tico-tico-pimenta.

Características

Mede cerca de 13 cm, sendo que a fêmea é verde-oliva, com partes inferiores mais claras e a garganta e o peito estriados de oliva-escuro.

Registro feito no Parque Barigui.

cigarra-bambu

clique

Publicado em Espécies
Domingo, 07 Novembro 2010 21:25

Caraúna-de-cara-branca - Plegadis chihi

carauna-de-cara-brancaA  Caraúna-de-cara-branca (Plegadis chihi) é uma ave da Famíla Threskiornithidae e ordem Pelecaniformes.

Características

Mede de 43 a 65 cm. e pesa cerca de 610 g. Plumagem castanho-escura com lustro verde e purpúreo metálico no dorso, asas, cabeça e pescoço. Uma borda de pena branca cerca a pele facial que é de uma cor entre rosada e vermelha. As pernas são avermelhadas.

carauna-de-cara-branca

clique

carauna-de-cara-branca

Publicado em Espécies

caneleiro-de-chapeu-pretoO Caneleiro-de-chapéu-preto (Pachyramphus validus) é uma ave Passeriformes da família Tityridae. Também conhecido como caneleira, caneleiro, caneleiro-de-chapéu-negro e caneleiro-de-crista. O seu canto lembra o dos beija-flores. Raramente emitem um chamado baixo, anasalado.

Características

Macho todo escuro, negro em parte das costas e cabeça, acinzentado na região ventral. Nas asas, algumas penas brancas, raramente visíveis à distância. Fêmea marrom, mais clara na região ventral. Na cabeça, o característico topo cinza escuro, em forte contraste com o corpo. Área clara na frente dos olhos, característica semelhante às outras espécies desse gênero, mas virtualmente invisível no macho.

Registro feito no Parque iguaçu, também observado em Campina Grande do Sul

caneleiro-de-chapeu-preto

 clique
Publicado em Espécies

choca-chapeu-vermelhoChoca-de-chapéu-vermelho (Thamnophilus ruficapillus) é uma ave Passeriformes da família Thamnophilidae. Encontrado em matas secundárias ralas, capoeiras em regeneração, campos de altitude e áreas semiabertas.

Características

Mede 17 centímetros. Para a identificação, o píleo do macho é rufo. O peito da fêmea é levemente barrado nos lados.

Registro no Parque Iguaçu.

choca-chapeu-vermelho

 clique

Publicado em Espécies
Terça, 28 Setembro 2010 07:40

Caneleiro - Pachyramphus castaneus

caneleiroO Caneleiro (Pachyramphus castaneus) é uma ave Passeriformes da família Tityridae. É conhecido também como Caneleiro-castanho.

Características

Mede cerca de 15 cm de comprimento. Varia de incomum a localmente comum em bordas de florestas úmidas, capoeiras e clareiras com grandes árvores remanescentes. Pousa bem alto, em galhos expostos, o que o torna bastante visível. Vive aos pares, não tendo o hábito de participar de bandos mistos.

Registro feito em Campina Grande do Sul na Estrada do Imperador (Graciosa) na compania do amigo do Wikiaves Walther Grube. registro feito e tagassaba de Cima

caneleiro

clique 

caneleiro

Publicado em Espécies
Domingo, 19 Setembro 2010 00:00

Canário-do-campo - Emberizoides herbicola

canario-do-campoO Canário-do-campo (Emberizoides herbicola) é uma ave Passeriforme da família Thraupidae. Também conhecido como cabo-mole, joão-mole(Pernambuco), tibirro, tibirro-do-campo, canário-do-brejo. Ao contrário do que sugere este último nome comum, não está, obrigatoriamente, associado a ambientes brejosos.

Características

O Canário-do-campo tem 20 centímetros e pesa 30 gramas, tem uma longa cauda graduada, que eqüivale a mais da metade do seu corpo. A cabeça, dorso e asas são listrados de preto. A face próximo aos olhos, é acinzentada. Para cantar, o macho pousa em locais expostos, onde o forte riscado negro das costas destaca-se, bem como o bico, pontudo e amarelado com o bordo superior negro. À frente do olho, um pequeno semicírculo claro pode auxiliar na identificação, dependendo da luz. Partes inferiores cinza claro (amareladas no juvenil, em cujo bico falta o tom amarelo dos adultos). As pernas são amarelas ou rosadas e o ventre é pardo-esbranquiçado.

A longa cauda (cerca de metade do comprimento total da ave) é capaz de identificá-lo à distância, especialmente quando pousa nos pendões mais altos das gramíneas ou galhos expostos dos arbustos. Nessas ocasiões, mantém a cauda entreaberta, ficando nítida a diferença de tamanho entre suas penas. As centrais maiores, com as outras gradualmente menores. A cauda também auxilia na identificação em vôo, ao mover-se um pouco para cima e para baixo, de maneira única. Pousado, as longas pernas amareladas também ajudam a determinar essa espécie.

Registro feito no Parque Iguaçu

canrio-do-campo

clique

Publicado em Espécies
Página 6 de 8

Temos 7 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.