|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Quinta, 01 Outubro 2015 19:28

Barbudo-rajado - Malacoptila striata

Barbudo-rajado - Malacoptila striataO Barbudo-rajado (Malacoptila striata) é uma ave Galbuliformes da família Bucconidae. Também é conhecida pelos nomes de joão-barbudo, barbado, jururu, bole-bole e joão-doido. É endêmica do Brasil.

Seu nome científico significa: do (grego) malakos = macio; e ptilon = plumagem, pena; e do (latim) striatus, striare = estriado, com estrias, estria, sulco. ⇒ (Ave com) plumagem macia e estriada.

Características

Mede cerca de 20 cm de comprimento, com as partes superiores, cabeça e manto marrom-escuro estriado de ocre; garganta branca, com uma faixa negra logo abaixo; partes inferiores marrom-cinzentas, com peito superior tingido de ocre; “vírgula” branca na base do bico..

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Reserva Salto Morato - Guaraqueçaba-PR.

Barbudo-rajado - Malacoptila striata 

 clique

Publicado em Espécies

Barranqueiro-de-olho-branco - Automolus leucophthalmusO barranqueiro-de-olho-branco (Automolus leucophthalmus) é uma Passeriformes da família Furnariidae.

Seu nome científico significa: do (grego) automolus = desertor, aquele que esconde, arredio; e do (grego) leukos = branco; e ophthalmos = com o olho, olho. ⇒ Desertor com olho branco ou (ave) com olho branco que esconde.

Características

Mede 20 centímetros. Apresenta olhos e garganta brancos e plumagem ferrugínea. Nidifica em túneis e barrancos..

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Reserva Salto Morato - Guaraqueçaba-PR.

Barranqueiro-de-olho-branco - Automolus leucophthalmus 

 clique

Publicado em Espécies
Domingo, 27 Setembro 2015 20:37

Bem-te-vi-pequeno - Conopias trivirgatus

O bem-te-vi-pequeno (Conopias trivirgatus) é uma ave Passeriformes da família Tyrannidae.

Seu nome significa: do (grego) könöps, könöpos = mosquito; e piazö = que aproveita, aproveitador; e do (latim) tri = três; e virgatus, virga = listrado, lista, faixa. ⇒ Papa-moscas com três listas.

A subespécie berlepschi, menor e com algumas outras diferenças morfológicas, ocorre de forma disjunta na Amazônia central brasileira, além de pontos isolados na Venezuela, Equador, Peru e Bolívia. Esta subespécie possivelmente trata-se de táxon independente.

Características

Mede de 13,5 cm (ssp. berlepschi) a 14,5 cm (ssp. trivirgatus), a menor espécie do gênero. O que o diferencia de outras espécies de bem-te-vis é principalmente a ausência de penas brancas na parte anterior do pescoço. Muito semelhante ao bem-te-vi-da-copa (Conopias parvus), porém sem o amarelo no píleo.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Guaraqueçaba-PR.

Bem-te-vi-pequeno - Conopias trivirgatus 

 clique

Publicado em Espécies
Sexta, 06 Fevereiro 2015 11:11

Bate-bico - Phleocryptes melanops

bate-bicoO Bate-bico (Phleocryptes melanops) é uma ave Passeriformes da família Furnariidae.

Seu nome significa: do (grego) phaleös = do junco, junco; e de kruptës, kruptö = covarde, que se esconde, esconder. ⇒ (Pássaro) que se esconde no junco.

Também conhecido como cachimbó, tico-tico-do-piri e estaladeira.

Características

Trata-se de uma ave pequena, com cerca de 13 centímetros.

Ocorre em brejos, taboais, pirizais e banhados. Empoleira-se em colmos verticais da vegetação aquática nos taludes.

Registro feito em Mostasdas-RS

bate-bico clique
Publicado em Espécies
Quinta, 05 Fevereiro 2015 16:50

Batuíra-de-coleira - Charadrius collaris

batuira-de-coleiraA Batuíra-de-coleira (Charadrius collaris) é uma ave Charadriiformes da família Charadriidae.

Seu nome significa: do (latim) charadrius = pássaro amarelo mencionado na Bíblia Vulgata (final do século 4); e do (latim) collaris, collum, collare = colar do pescoço, colo, pescoço. Pássaro amarelado com colar.

Também conhecida como Batuíra-da-costa. Chamado de manuelzinho-da-croa na obraGrande Sertão - Veredas: de Guimarães Rosa:

”- ‘É aquele lá: lindo!’ Era o manuelzinho-da-croa, sempre em casal, indo por cima da areia lisa, eles altas perninhas vermelhas, esteiadas muito atrás traseiras, desempinadinhos, peitudos, escrupulosos catando suas coisinhas para comer alimentação. Machozinho e fêmea – às vezes davam beijos de biquinquim – a galinholagem deles. — ‘É preciso olhar para esses com um todo carinho…’ – o Reinaldo disse. Era. Mas o dito, assim, botava surpresa. E a macieza da voz, o bem-querer sem propósito, o caprichado ser – e tudo num homem d’armas, brabo bem jagunço – eu não entendia! (…)”.

Características

Mede cerca de 15 cm de comprimento. O nome popular refere-se provavelmente a uma coleira negra na parte mediana da plumagem. Aliás, visualmente, essa ave tem cores que pendem para o ferrugíneo nas partes superiores, sem branco na nuca. O bico é preto e as pernas, altas, são róseas-claras.

Registro feito em Tavares-RS

batuira-de-coleira clique
Publicado em Espécies

bico-de-veludoO Bico-de-veludo (Schistochlamys ruficapillus), é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. É conhecido também como bicudo-do-tabuleiro, sanhaçu-tabuleiro (Natal/RN), figueira, figueira-bico-de-veludo, sanhaço-do-campo, sanhaço-pardo, sanhaçu-caboclo (Minas Gerais), saí-veludo, zorro, tiê-veludo e papa-laranja (Minas Gerais).

Etimologia: Seu nome significa:: Schistochlamys - do (latim) schistus = cor de ardósia, acinzentado; e do (grego) khlamus = capa, manto, capote; ruficapillus - do (latim) rufus = vermelho; e capillus = referente à cabeça. ⇒ (Ave) com manto acinzentado e cabeça vermelha. 

Características

A plumagem do dorso é azul-acinzentada, tem uma máscara negra na face. Na parte inferior, garganta, peito e barriga são acanelados. O baixo-ventre é branco-acinzentado. Espécie sem dimorfismo sexual.

Possui um canto melodioso, repetido incessantemente que pode variar de região para região, sendo ora mais “limpo” ora mais “embolado”. Comprimento: 18 centímetros; peso: 38 gramas.

Registro feito em Tibagi-PR

bico-veludo

clique

Publicado em Espécies
Sexta, 01 Agosto 2014 15:57

Bico-virado-carijó - Xenops rutilans

bico-virado-carijoO Bico-virado-carijó (Xenops rutilans) é uma ave Passeriformes da família Xenopidae. 

Nome científico: Xenops rutilans⇒ Estranho enfrentador vermelho.

Características

Mede 12 centímetros. Apresenta um estriado das partes inferiores em contraste com as costas imaculadas. Encontrado praticamente em todo o Brasil, pouco visto na Amazônia e Caatinga. A maior parte foi observada na Mata Atlântica, na região Sul e Sudeste.

Registro feito em Fernandes Piheiro-PR na Floresta Nacional de Irati.

bico-virado-carijo 

clique

Publicado em Espécies

Também conhecido como estrela-verde-azulado, o Bico-reto-de-banda-branca (Heliomaster squamosus) é uma ave Apodiformes da família Trochilidae.

Características

Mede cerca de 12,5 centímetros de comprimento. Nesta espécie a fêmea difere do macho principalmente por apresentar a garganta e o peito escamados, isto é, apenas com a parte central verde e o restante cinza-claro. No inverno, o macho adulto perde a plumagem vermelho-violeta iridescente da garganta e do peito, assemelhando-se à fêmea e aos jovens.

Registro feito em São João da Canastra-MG

bico-reto-femea

clique

Publicado em Espécies

beija-flor-tesoura-verdeO Beija-flor-tesoura-verde (Thalurania furcata) é conhecido também como Beija-flor-de-barriga-violeta. No livro Aves do Brasil, edição Pantanal e Cerrado, consta como Beija-flor-de-ventre-roxo. pertence à Ordem Apodiformes e à Família Trochilidae.

Seu nome significa: do (grego) thalos = criança, descendente de; e ouranos céu, celeste, referente ao azul do céu; e do (latim) furcata, furcatus = bifurcada. ⇒ Pássaro filho do azul celeste com cauda bifurcada.

Características

Mede cerca de 9,7 cm de comprimento. Macho com partes superiores esverdeadas, garganta verde-metálica, peito e barriga azul-violeta-brilhante; fêmea com as partes inferiores cinza. Comum no sub-bosque de florestas altas, capoeiras e florestas de várzea. Vive solitário, defendendo seu território de maneira agressiva.

Registro feito em Delfinópolis-MG.

Publicado em Espécies
Segunda, 30 Junho 2014 11:39

Bandoleta - Cypsnagra hirundinacea

bandoletaA Bandoleta (Cypsnagra hirundinacea) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae.

Seu nome significa: do (grego) kupselos = andorinha; e do (latim)hirundinacea = como uma andorinha; parecida com andorinha. ⇒ (Ave) parecida com uma andorinha.

Características

Mede 16 cm. e pesa entre 25-34 g. É identificada por seu traseiro branco conspícuo em sua parte traseira preta e possui a garganta rufa sob a sua cabeça preta. Habita áreas abertas como pastagens com árvores baixas. Vivem em grupos territoriais de três a seis indivíduos.

Registro feito em Sacramento-MG no Parque Nacional da Serra da Canastra.

bandoleta

clique
Publicado em Espécies
Página 2 de 6

Temos 17 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.