|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish

bico-de-pimentaO Bico-de-pimenta (Saltatricula atricollis), também conhecido como batuqueiro, é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Antigamente conhecida pelo nome científico Saltator atricollis.

Seu nome significa: do (latim) saltatricola, saltatrix = diminutivo de saltator = dançarino, dançarina; e do (latim) ater = preto; e collis = colo, pescoço, garganta. ⇒ Pequeno dançarino de garganta preta. 

Características

Mede cerca de 20 centímetros de comprimento, possui a máscara e pescoço anterior negros, partes superiores cinza pardacentas com reflexos anilados especialmente no dorso e nas asas, as partes inferiores são cinza amareladas claras. As rêmiges são negras com bordos interiores brancos. As retrizes são negras, o bico é grosso e laranja avermelhado. A fêmea possui as mesmas cores porém mais atenuadas, o bico é vermelho pálido. O jovem apresenta as partes superiores, cabeça e pescoço anterior pardos, bico anegrado e partes inferiores estriadas. Habita o cerrado, campos cerrados, caatinga e campos adjacentes.

Registro feito em Sacramento-MG

bico-de-pimenta

clique

Publicado em Espécies
Quinta, 01 Agosto 2013 12:29

Bacurau - Hydropsalis albicollis

bacurauO Bacurau (Hydropsalis albicollis)  é uma ave da ordem Caprimulgiformes da família Caprimulgidae. Conhecido também como curiango, curiango-comum, ju-jau, amanhã-eu-vou (em Minas Gerais), ibijau, mede-léguas, acurana e a-ku-kú (nomes indígenas - Mato Grosso).

Características

Mede cerca de 30 centímetros de comprimento. O macho apresenta uma larga faixa nas asas (observada em voo) e os lados da cauda brancos e a fêmea possui uma estreita faixa amarelada nas asas e somente a ponta da cauda branca. Comum em bordas de florestas, capoeiras abertas, campos com árvores isoladas, cerrados, capões de mata podendo também ser encontrado em matas secundárias e em processo de reflorestamento. Vive no chão. Só é visto durante o dia somente se espantado. Nestas ocasiões, voa curtas distâncias e logo volta a sumir em meio à vegetação rasteira, procurando se camuflar em meio as folhagens no substrato.

Registro em Olímpia-SP na margem do Rio Turvo no dia 06/07/2013

Bacurau - Hydropsalis albicollis

clique

Publicado em Espécies

balanca-raboO Balança-rabo-de-máscara (Polioptila dumicola) é uma ave Passeriformes da família Polioptilidae.Também conhecido por cebinho-azulado.

Características

Tem cerca de 12 centímetros, e pesa menos de 7 gramas. Aparenta estar em busca contínua por alimentação. Seu lado superior é cinzento e a parte inferior é branca (cinzento-azulado na região sul). O macho tem uma máscara negra no rosto.
Tem uma voz bonita e na primavera está sempre cantando muito suavemente. Além da voz “grä”, “zeret-grä” (chamada; advertência), no período reprodutivo o macho possui um canto alto e melodioso com diversos motivos alternados, que podem lembrar os de outras aves, alguns terminando como risadas..

Registro feito em Mirassol-SP

balanca-rabo-demascara

clique

Publicado em Espécies
Domingo, 31 Março 2013 07:37

Bacurau-tesoura - Hydropsalis torquata

bacurau-tesouraO Bacurau-tesoura - (Hydropsalis torquata)  é uma ave da ordem Caprimulgiformes da família Caprimulgidae, que habita os cerrados da Venezuela e Colômbia até a Bolívia e Argentina, bem como todo o Brasil. Também são conhecidas pelos nomes de sebastião, tabaco-bom e tiom-tiom.

Características

Mede cerca de 40 cm de comprimento (macho adulto), onde a cauda toma mais de 2/3 deste total. A fêmea tem por volta de 27,5 cm. Sua longa cauda tem a forma de tesoura. Emite um finíssimo “tzig” voando e o canto é uma sequência plolongada de “zip…”, um pio por segundo.

Vive na beirada da mata, campos e cerrados. Adapta-se também às cidades, já tendo sido observado nos telhados do Rio de Janeiro. É ave noturna. Durante o dia fica pousado imóvel no chão ou longitudinalmente sobre galhos baixos de árvores, em perfeita camuflagem.

bacurau-tesoura

clique

Publicado em Espécies

O Bicudinho-do-brejo (Stymphalornis acutirostris) é uma ave Passeriformes da família Thamnophilidae.

É um novo gênero e uma nova espécie recém descoberta, privativa dos banhados da região meridional litorânea do Paraná e do nordeste de Santa Catarina, encontra-se em alagados com vegetação densa. 
Uma segunda espécie do gênero foi recentemente descoberta pelo ornitólogo Luís Fábio Silveira, em Mogi das Cruzes, no interior do estado de São Paulo, denominada “bicudinho-do-brejo-paulista”..

Características

Possui cerca de 15 cm, bico alongado e fino. O macho apresenta uma distinta área cinza escura no pescoço, face e peito; A fêmea apresenta face e partes inferiores negras marcadas de branco com flancos e crisso oliva-amarronzado escuro, cauda negra, graduada e composta de dez retrizes.

Agradecimento especial ao Luciano Breves que nos indicou o local, Passarinhada na companhia do Sergio Gregorio e Claudio Soares. Registro feito em Antonina-PR

Bicudinho-do-brejo (Stymphalornis acutirostris) clique
bicudinho1  

 

 

 

Publicado em Espécies
Terça, 13 Março 2012 12:56

Bigodinho - Sporophila lineola

bigodinhoO Bigodinho (Sporophila lineola) é uma ave Passeriformes da Família Thraupidae

Também conhecido como bigode, papa-capim, estrelinha ou cigarrinha(MG), gola-careta ou caretinha (CE), ocorre praticamente em todo o Brasil. É localmente comum em clareiras arbustivas, plantações, bordas de capoeiras e áreas com gramíneas altas, principalmente nas proximidades da água. Seu habitat é em campos abertos, campos cultivados e capoeiras. Devido ao canto, é ave apreciada e a captura para o comércio ilegal, junto com as alterações ambientais, acabaram por reduzir seus números em boa parte do país, especialmente no nordeste.

Características

Mede 11 cm. de comprimento. Tem um gorjear rápido e metálico. O macho é inconfundível, pelas áreas brancas na cabeça, responsáveis pelos nomes comuns. O contraste do negro do restante da plumagem das partes superiores é marcante. As partes inferiores são levemente cinza claro e, sob sol forte, podem parecer brancas. Bico característico, pequeno e todo negro. Junto com a longa cauda, corpo delgado e cabeça pouco volumosa, forma uma silhueta mais delicada do que a maioria das outras espécies do gênero. Essas características são fundamentais para ajudar na identificação da fêmea, especialmente porque costuma misturar-se aos outros coleiros nos bandos dessas aves granívoras. Como ela também é toda parda, um pouco mais clara nas partes inferiores, essa característica morfológica ajuda a caracterizá-la. Também o bico relativamente pequeno e com tom amarelado, principalmente na parte inferior.

Agradecimento especial ao Luciano Breves que nos indicou o local, Passarinhada na companhia do Sergio Gregorio e Claudio Soares. Registro feito em Antonina-PR

bigodinho

clique 

bigodinho

Bigodinho

Publicado em Espécies

O Beija-flor-de-banda-branca (Amazilia versicolor) pertence à Ordem Apodiformes e à Família Trochilidae

Características

Mede 8,5 cm de comprimento. Quando é possível observar a cauda, nota-se que a mesma é cinza, com uma faixa sub-terminal escura e ponta clara. Fora isso, o tom esverdeado da plumagem é mais nítido, com a garganta verde brilhante e de tons iridescentes azulados. O branco da barriga continua-se pelo peito sem estreitar-se tanto como no beija-flor-de-garganta-verde. O bico é relativamente menor e mais escuro. Essa espécie reúne várias subespécies, cujas plumagens variam pela maior ou menor extensão do verde-brilhante da fronte ou pela presença ou ausência de branco na garganta e no centro da barriga.

Registro feito em Morretes na sede da Ornithos.

beija-flor-de-banda-branca

clique

 

Publicado em Espécies

benedito-de-testa-amarelaO Benedito-de-testa-amarela (Melanerpes flavifrons),  é uma ave da ordem Piciformes, família Picidae. Também conhecido como benedito, bereré(Rio Grande do Sul), golelêim (Vale do Ribeira/SP), pica-pau-de-fronte-amarela, pica-pau-do-mato-virgem e rididico.

Características 

Tem cerca de 19,5 centímetros. Espécie multicolorida. Fronte e garganta amarelo-vivos, vértice posterior e nuca vermelhos no macho e pretos na fêmea; pescoço posterior, dorso superior e asas negros; dorso inferior e uropígeo brancos; peito superior pardacento; peito inferior e ventre vermelhos; flancos barrados de preto e branco. É barulhenta.
Entre os vários sons que produz, tem um grito forte, ríspido e rápido, beneditô, que originou o nome popular
Tem cerca de 19,5 centímetros. Espécie multicolorida. Fronte e garganta amarelo-vivos, vértice posterior e nuca vermelhos no macho e pretos na fêmea; pescoço posterior, dorso superior e asas negros; dorso inferior e uropígeo brancos; peito superior pardacento; peito inferior e ventre vermelhos; flancos barrados de preto e branco. É barulhenta. Entre os vários sons que produz, tem um grito forte, ríspido e rápido, beneditô, que originou o nome popular. 

Registro feito em Londrina-PR

benedito-de-testa-amarela

clique

Publicado em Espécies

O Beija-flor-de-garganta-verde (Amazilia fimbriata) pertence à Ordem Apodiformes e à Família Trochilidae. A espécie de beija-flor médio mais encontrada nos ambientes abertos e bordas de matas. Visita as flores de arbustos, trepadeiras e árvores isoladas ou na borda da mata. É afastado pelos beija-flores maiores, mas é agressivo com outros da mesma espécie ou menores.

Características

A cor dominante é um verde claro, com tons brilhantes sob luz adequada. Atrás do olho destaca-se um ponto branco, mesmo tom da barriga e do desenho afunilado terminando na garganta de aspecto escamado, delimitado pelo verde dominante do pescoço e peito. Asas escuras e cauda arredondada, cinza escura. Bico longo e reto, de tom avermelhado pouco notável e ponta escura. Macho e fêmea são idênticos. Possui um canto matinal, chilreado e repetitivo, emitido de poleiros tradicionais desde a madrugada. Para identificá-lo corretamente é necessário notar o tom verde fosco da garganta e a linha branca do peito, expandindo-se na barriga.

Registro feito em Morretes na sede da Ornithos e também em Neves Paulista-SP .

beija-flor-de-garganta-verde

clique

Publicado em Espécies
Sábado, 29 Outubro 2011 11:43

Bico-duro - Saltator aurantiirostris

bico-duroO Bico-duro (Saltator aurantiirostris) é uma ave Passeriforme da família Thraupidae

Características

Consta que procura frutos, bagas e sementes em bordas de matas no sul ou em áreas semi-abertas de espinilho e que chega a consumir folhas verdes tenras de certas plantas.

Registro feito em frente da minha casa, registro recusado pelo Wikiaves por acharem se tratar de uma espécie de escape de cativeiro, sei que ele vem quase todas as manhãs comer frutas na jabuticabeira em frente de casa, o canto é muito lindo.

bico-duro2clique
bico-duro2014

 

 

 

 

Publicado em Espécies
Página 3 de 6

Temos 67 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.