|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish

A Corujinha-do-sul, (Megascops sanctaecatarinae) é uma ave da ordem Strigiformes da família Strigidae

Características

A corujinha-do-sul, mede 28 cm de comprimento. Espécie meridional de grande porte.

Agradecimento especial ao Reni Santos que com sua experiência e calma nos proporcionou este registro. Corujada na companhia do Sergio Gregorio, Cid Espíndola e o André. 
É a segunda semana que fazemos esta Corujada. 
Ela deu mole duas vezes, muito bonitinha!!

 

do-sul4

 

 

Publicado em Espécies
Quarta, 11 Maio 2011 22:42

Coruja-listrada - Strix hylophila

coruja-listrada2A Coruja-listrada, (Strix hylophila) é uma ave da ordem Strigiformes da família Strigidae. Também conhecida como corujão.

Características

A coruja-listrada, espécie bastante rara e pouco estudada, é uma coruja de médio porte medindo cerca de 35 cm de comprimento pesando de 285 a 340 gramas. Seu nome comum se deve a plumagem listrada.

Agradecimento especial ao Reni Santos que com sua experiência e calma nos proporcionou este registro.

Publicado em Espécies
Terça, 10 Maio 2011 13:05

Sabiá-barranco - Turdus leucomelas

sabia-barrancoSabiá-barranco (Turdus leucomelas) é uma ave Passeriformes da família Turdidae. O sabiá-do-barranco é o sabiá mais comum do interior do Brasil, especialmente em regiões de cerrado. Também chamado de sabiá-barranqueira, capoeirão, sabiá-de-cabeça-cinza, sabiá-fogueteiro, sabiá-pardo ou ainda sabiá-branco.

Características

adulto apresenta o alto da cabeça arredondado, acinzentada nos lados e olivácea na parte alta, sem a mácula negra à frente dos olhos. Bico cinza escuro uniforme. O tom acinzentado domina as costas, tornando-se amarronzado nas asas. Peito acinzentado, com a garganta branca e listras cinza escuro bem definidas. Quando voa, às vezes mostra a área alaranjada da parte interna das asas. A parte inferior da cauda é clara.
O juvenil com o dorso pintalgado de bolas amarronzadas, sem a garganta branca bem delimitada. Pontos marrons no peito e barriga. Mede cerca de 22-23 cm. Não apresenta dimorfismo sexual, sendo sua diferenciação feita apenas pelo canto, que é característica dos machos.

Registro feito no ParNa Iguaçu em Foz do Iguaçu, muito comum na região. Registro feito em Curitiba na casa do amigo Adolf em 26/12/2014

barranco2 clique
barranco
Publicado em Espécies
Quarta, 06 Abril 2011 18:14

Papagaio-verdadeiro - Amazona aestiva

papagaio-verdadeiroO Papagaio-verdadeiro (Amazona aestiva), é uma ave da ordem Psittaciformes, família Psittacidae. Conhecido também como Ajuru-etê, Curau, Papagaio-comum, Papagaio-curau, Papagaio-de-fronte-azul, Papagaio-grego, Trombeteiro (Mato Grosso) e Louro, como aliás são chamados todos os papagaios domésticos em nosso País. Não está classificada em nenhuma categoria de ameaça a nível global.

Características

Mede de 35 a 37 cm. de comprimento e pesa cerca de 400g. Se dintingue pela cabeça amarela, com azul-esverdeado na fronte e bochecha, narinas escuras, ombros vermelhos delineados com amarelo, asa com parte vermelha e extremos azul-escuro. Resto do corpo geralmente verde, mais claro entre o ventre e o rabo. Sua voz é bem típica: “krik-kiakrik-krik-krik”, “kréo”. É conhecido por ser um bom “falador”.

Registro feito no Parque Iguaçu

 verdadeiro

clique 

Papagaio-verdadeiro

Publicado em Espécies
Segunda, 28 Março 2011 20:51

Gibão-de-couro - Hirundinea ferruginea

gibao-de-couroO Gibão-de-couro (Hirundinea ferruginea) é uma ave Passeriforme da família Tyrannidae. Esta espécie apresenta uma estreita associação com escarpas e paredões rochosos. Pode também ser encontrada dentro de cidades, pousada nos parapeitos no alto de prédios, mourões de cerca e nas antenas de televisão.

Características

Como seu próprio nome científico diz, em seu corpo predomina a cor ferrugem com tons variando para cinza escuro, as asas e a ponta da cauda são cinza escuras com detalhes em ferrugem, o peito é mais avermelhado que o dorso e a cabeça.

Registro feito em Almirante Tamandaré o Morro do Sumidouro e na Estrada do Corvo em Quatro Barras. Registro em Curitiba no Parque Passaúna no dia 26 de maio 2013

Gibão-de-couro

gibao-de-couro

clique

gibao

Publicado em Espécies
Domingo, 20 Março 2011 14:23

Pichororé - Synallaxis ruficapilla

pichororeO Pichororé (Synallaxis ruficapilla) é uma ave Passeriforme da família Furnariidae.

Características

Aproximadamente 16cm. De boné, asa e também cauda castanho-escuros. Atrás do olho uma distinta estria amarelada, que falta nos indivíduos imaturos, assim como o castanho da asa. Apresenta uma voz forte e baixa: “zschrrr”, “terretét”.

Registro feito no Parque Iguaçu.

Pichororé

clique

Publicado em Espécies
Segunda, 14 Março 2011 11:24

Batuiruçu - Pluvialis dominica

batuirucuO Batuiruçu (Pluvialis dominica), é uma ave da ordem dos Charadriiformes, pertencendo a Família Charadriidae. Também conhecida como batuíra-do-campo ou maçarico-do-campo

Características

Mede 26 cm de comprimento. Apresenta partes nuas cinzentas e, na plumnagem de descanso, exibe extensa faixa superciliar branca. Em plumagem pós e pré-nupcial, os machos exibem as partes inferiores anegradas e o dorso maculado em tons de amarelo e preto.

Registro feito no Parque Iguaçu em 13/11/2010

Batuiruçu

clique 

Batuiruçu

 

 

Publicado em Espécies
Segunda, 14 Março 2011 10:25

Marreca-caneleira - Dendrocygna bicolor

marreca-caneleiraA Marreca-caneleira (Dendrocygna bicolor). É uma ave  Anseriformes da Família Anatidae. Também conhecida como marreca-peba e xenxém.

Características

Mede cerca de 48 centimetros. Como o próprio nome diz, cor que mais se destaca é o marrom acanelado. As asas possuem estrias escuras.

Registro feito no Parque Iguaçu.

Marreca-caneleira

clique

Publicado em Espécies
Segunda, 14 Março 2011 10:18

Asa-branca - Dendrocygna autumnalis

asa-brancaA Marreca-cabocla (Dendrocygna autumnalis). É uma ave  Anseriformes da Família Anatidae. Também conhecida como asa-baranca, marreca-cabocla e marajoara.

Características

Tem cerca de 48 centímetros. Sua cara é cinzenta, a barriga é preta e tem grande mancha branca na asa, visível apenas quando a ave voa. Tem bico e pés vermelhos. Quando jovem, é pardo acinzentado, inclusive bico e pés. O dimorfismo sexual quanto ao colorido é pouco pronunciado.

Manifestações sonoras: possui um assobio de quatro a cinco sílabas: “tjüi-tjüi-tji-tji-tji”, repetido pelos membros do bando.

Registro feito no Parque Iguaçu.

Marreca-cabocla

clique

Publicado em Espécies
Segunda, 14 Março 2011 10:07

Garça-moura - Ardea cocoi

A Garça-moura (Ardea cocoi), também conhecida apenas como garça-branca, é uma ave da Famíla Ardeidae  e ordem Pelecaniformes. Conhecido também como, maguari, socó-de-penacho, baguari, margoari(Amazônia), garça-parda (Rio Grande do Sul), socó-grande e joão-grande..

Características

A maior das garças do Brasil, com envergadura de 1,80 m. Vive solitária fora do período reprodutivo, quando reúne-se nos ninhais; no entanto, mesmo nesse período, a maioria mantém-se isolada durante deslocamentos para alimentação. Seus vôos, além de solitários, são em linha reta, com lentas batidas ritmadas de asas, muito características. Sua voz e um fortíssimo “rrab (rrab rrab)”, baixo e profundo.
A plumagem de reprodução é muito semelhante à do restante do ano, distinguindo-se pelo pequeno tufo de penas brancas na base do pescoço, o maior contraste do branco do pescoço com o dorso acinzentado e os lados escuros do ventre. A listra negra da parte inferior do pescoço destaca-se mais nesse período, bem como o negro do alto da cabeça. Ao redor dos olhos aumenta a coloração azulada e o bico fica mais amarelo. Quando saem do ninhal, as aves juvenis possuem a mesma coloração geral dos adultos, embora com menor contraste e sem a listra negra do pescoço ou os lados negros do ventre.

Registro feito no Parque Iguaçu

Garça-moura clique
Garça-moura - Ardea cocoi  

 

 

 

Publicado em Espécies
Página 5 de 21

Temos 35 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.