|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Terça, 18 Fevereiro 2014 15:56

Coraciiformes

Ordem de Martins-pescadores e afins

Família Alcedinidae Rafinesque, 1815 - Martins-pescadores 
Família Momotidae Gray, 1840 - Juruvas e udus


Publicado em Ordens
Terça, 30 Julho 2013 10:10

Udu-de-coroa-azul - Momotus momota

udu-de-coroa-azulO udu-de-coroa-azul (Momotus momota) é uma ave Coraciiformes da família Momotidae. Também conhecido como udu, juruva e duro-duro. A subespécie Momotus momota marcgraviana, do nordeste, está cada vez mais rara devido à redução de seu habitat, a Mata Atlântica..

Características

O udu-de-coroa-azul pode medir entre 41 e 46 cm. A subespécie M. m. momota pesa 145 gramas. As partes superiores da ave são verdes, tornando-se azuis na cauda inferior, e as partes de baixo são verdes ou possuem coloração ferruginosa, dependendo da subespécie. A cabeça possui uma coroa negra, circundada por uma faixa roxa e azul. Há uma máscara negra e a nuca do animal é castanha. A cauda é longa, com as penas centrais mais compridas do que o corpo e com as demais menores e escalonadas. Na ponta das penas centrais aparecem duas raquetes, onde as franjas laterais da pena foram perdidas e restou somente a ponta. Essa estrutura chama ainda mais a atenção quando a juruva movimenta a cauda lateralmente, em especial quando sente-se observada. Ela origina-se da perda, natural, das estruturas laterais da pena após sua formação.

Manifestações sonoras: O canto é semelhante ao de uma coruja, emitido mais freqüentemente no clarear e escurecer, embora possa ser escutado a qualquer hora do dia e da noite. Começa com um chamado curto, grave, acelerado (entendido como udu ou duro). Quando outra juruva responde, aceleram o canto e aumentam o número de “udus” (a interpretação onomatopéica do canto passa a ser juruva).

Registro feito em Onda Verde-SP

Udu-de-coroa-azul - Momotus momota

 

Publicado em Espécies
Quarta, 29 Dezembro 2010 17:31

Martim-pescador-grande - Megaceryle torquata

martim-pescador-grandeO Martim-pescador-grande (Megaceryle torquata),  é uma ave  Coraciiforme da Família Alcedinidae. Sendo no Brasil a maior espécie. Também chamado de Ariramba-grande ( PA. ), Matraca ( RS. ), Caracaxá.

Características

Mede 42 cm. pesando 305 a 341 g. Maior espécie da família no Brasil. Bico grande ( 8 cm. ), às vezes com matizes encarnadas; partes superiores azuladas; garganta e pescoço brancos; macho com peito e abdome ferrugíneos e a fêmea com peito azulado e uma estreita faixa branca logo abaixo e abdome ferrugíneo. Macho imaturo semelhante à fêmea.

Registro feito no Parque Iguaçu e também no Parque Primavera em Almirante Tamandaré-PR

Martim-pescador-grande

martim

clique

Martim-pescador-grande

Publicado em Espécies

martim-pescador-pequenoO Martim-pescador-pequeno (Chloroceryle americana),  é uma ave  Coraciiforme da Família Alcedinidae.
É o representante mais comum no Brasil. É conhecido também pelos nomes de ariramba-pequeno, martim-cachaça e martim-pescador. Vive ao longo de rios, lagos e orla marítima, mangues, embocaduras de rios, em florestas ou áreas abertas, onde haja árvore para o pouso.

Características

Mede 19 cm. Partes superiores verde bem escuras contrastando com uma faixa branca saliente e sedosa que liga a base do bico à nuca, onde é atravessada pelo penacho nucal; asas atravessadas por 3 linhas transversais de manchas brancas; bases das retrizes externas brancas. O macho tem as partes inferiores brancas com o peito castanho e a fêmea com peito amarelado ou branco manchado de verde.

Registro feito em Guaratuba - PR

martim-pescador-pequeno

martim-pescador-pequeno 

clique 

 

martim-pescador-pequeno

 

martim-pescador-pequeno_20100727_2012875445

Publicado em Espécies

martim-pescador-verdeO Martim-pescador-verde (Chloroceryle amazona),  é uma ave  Coraciiforme da Família Alcedinidae. Também chamado de ariramba-verde e martim-gravata(RS).

Características

Mede 29,5 cm. Partes superiores verde-metálicas, aparecendo freqüentemente como um cinza azulado; colar, partindo da base do bico, e partes inferiores brancas ou amareladas na fêmea; macho com área ferrugínea no peito e sendo que a fêmea tem a mesma área manchada de verde; flancos estriados.

Registro feito no Parque Iguaçu e também no Parque Passaúna

martim-pescador-verde_20100712_1235189269clique

 

Martim-pescador-verde

Publicado em Espécies

Temos 41 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.