|BUSCA NOMES COMUNS|abcdefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Sábado, 03 Janeiro 2015 10:45

Arapaçu-liso - Dendrocincla turdina

O Arapaçu-liso (Dendrocincla turdina) é uma ave Passeriformes da família Dendrocolaptidae. 

Seu nome significa: do (grego) dendron = árvore; e do (latim) cinclus = tordo, sabiá; esta palavra tem origem no (grego) kinklos = pássaro não identificado; e do (latim)turdinus, turdina, turdus = como um tordo, como um sabiá. ⇒ (Ave das) árvores, não identificada parecida com um tordo ou (pássaro) das árvores, não identificado parecido com um sabiá.
No passado era considerado conspecífico com o arapaçu-pardo (Dendrocincla fuliginosa), que ocorre na Amazônia.

Características

Mede de 19 a 21 cm. É um arapaçu de tamanho médio, com bico curto. Ao contrário de muitos arapaçus, a plumagem do corpo é basicamente uniforme cor marrom-oliváceo, sem estrias claras ou pintinhas. A cauda possui tom ferrugem suave. As fêmeas costumam ser menores que os machos.

Registro feito em Morretes-PR

Arapaçu-liso - Dendrocincla turdina clique
Arapaçu-liso - Dendrocincla turdina  
Publicado em Espécies
Terça, 30 Dezembro 2014 05:36

Gavião-miudinho - Accipiter superciliosus

gaviao-miudinhoO gavião-miudinho (Accipiter superciliosus) é uma ave Accipitriformes da família Accipitridae. Conhecido também como gavião-caçador-pequeno.

Seu nome significa: do (latim) accipiter = falcão, gavião; e do (latim) superciliosa, superciliosum, superciliosus = sobrancelha. ⇒ gavião com sobracelha.

Características

Mede cerca de 26 cm. de comprimento. Cauda relativamente curta, partes superiores cinza-ardósia, partes inferiores brancas com faixas estreitas pardacentas. Alimenta-se de outras aves, inclusive beija-flores. 

gaviao-miudinhoclique

Publicado em Espécies

saira-ferrugemA Saíra-ferrugem (Hemithraupis ruficapilla) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Conhecida também como figuinha-amarela, chefe-de-saíra, pintassilgo-da-mata, saíra-da-mata e chama-bando. Esta é uma espécie endêmica do Brasil. Existem duas subespécies: H. r. bahiae e H. r. ruficapilla.

Seu nome significa: do (grego) hemi = metade, semi, pequeno; thraupis = Tangará; (latim)rufus = vermelho, castanho; capillus= coroado; cabelo. ⇒ Pequeno tangará de cabeça castanha.

Características

O macho apresenta a cabeça em cor ferrugem, com os lados do pescoço amarelados e o peito marrom-claro. A fêmea é quase toda esverdeada, sendo mais clara nas partes inferiores. Tem 14 cm de comprimento e pesa 13g.

Registro feito em Morretes.

saira-ferrugem

clique

Publicado em Espécies

cuspidor-de-mascara-pretaO Cuspidor-de-márcara-preta (Conopophaga melanops) é uma ave Passeriformes da família Conopophagidae. Conhecido também como chupa-dente-de-máscara.

Características

É endêmico da Mata Atlântica e mede cerca de 11,5 cm de comprimento. O macho e a fêmea apresentam plumagens diferentes principalmente na cabeça (a fêmea tem uma estria branca sobre os olhos) e na coloração das partes inferiores (cinza no macho e laranja-ferrugíneo na fêmea). Existem duas subespécies. A subespécie Conopophaga melanops melanops ocorre no Sul e Sudeste brasileiro, enquanto que a Conopophaga melanops nitidifrons é exclusiva da Mata Atlântica nordestina.

Registro feito em Morretes-PR.

cuspidor-de-mascaraclique

Publicado em Espécies

O Beija-flor-de-banda-branca (Amazilia versicolor) pertence à Ordem Apodiformes e à Família Trochilidae

Características

Mede 8,5 cm de comprimento. Quando é possível observar a cauda, nota-se que a mesma é cinza, com uma faixa sub-terminal escura e ponta clara. Fora isso, o tom esverdeado da plumagem é mais nítido, com a garganta verde brilhante e de tons iridescentes azulados. O branco da barriga continua-se pelo peito sem estreitar-se tanto como no beija-flor-de-garganta-verde. O bico é relativamente menor e mais escuro. Essa espécie reúne várias subespécies, cujas plumagens variam pela maior ou menor extensão do verde-brilhante da fronte ou pela presença ou ausência de branco na garganta e no centro da barriga.

Registro feito em Morretes na sede da Ornithos.

beija-flor-de-banda-branca

clique

 

Publicado em Espécies

O Beija-flor-de-garganta-verde (Amazilia fimbriata) pertence à Ordem Apodiformes e à Família Trochilidae. A espécie de beija-flor médio mais encontrada nos ambientes abertos e bordas de matas. Visita as flores de arbustos, trepadeiras e árvores isoladas ou na borda da mata. É afastado pelos beija-flores maiores, mas é agressivo com outros da mesma espécie ou menores.

Características

A cor dominante é um verde claro, com tons brilhantes sob luz adequada. Atrás do olho destaca-se um ponto branco, mesmo tom da barriga e do desenho afunilado terminando na garganta de aspecto escamado, delimitado pelo verde dominante do pescoço e peito. Asas escuras e cauda arredondada, cinza escura. Bico longo e reto, de tom avermelhado pouco notável e ponta escura. Macho e fêmea são idênticos. Possui um canto matinal, chilreado e repetitivo, emitido de poleiros tradicionais desde a madrugada. Para identificá-lo corretamente é necessário notar o tom verde fosco da garganta e a linha branca do peito, expandindo-se na barriga.

Registro feito em Morretes na sede da Ornithos e também em Neves Paulista-SP .

beija-flor-de-garganta-verde

clique

Publicado em Espécies
Sábado, 29 Outubro 2011 13:01

Topetinho-verde - Lophornis chalybeus

O Topetinho-verde (Lophornis chalybeus) pertence à Ordem Apodiformes e à Família Trochilidae

Seu nome científico significa: do (grego) lophos = crista, topete; e ornis = pássaro; e do (latim) chalybeius = de aço. ⇒ Pássaro com topete de aço.

Características

Pequeno beija-flor, mede entre 7,5 a 8,5 cm e pesa apenas 3 gramas!

Os machos desta espécie são elegantes e apresentam longos tufos de penas verdes com as pontas brancas na garganta. Quando eriçados, mostram bela mancha verde iridescente atrás dos olhos. Dorso superior verde e uropígio bronze, garganta verde, peito com manchas brancas, abdome cinzento e infracaudais branca. Pálpebras azuis, bico negro. Os machos não apresentam topete na cor vermelha na cabeça. A fêmea não tem os espetaculares tufos de longas penas na bochecha e em vez disso tem uma garganta marrom, peito com manchas brancas e uma faixa facial abaixo do olhos esbranquiçada. Ambos os sexos exibem uma banda branca no uropígio como fazem muitos outros do gênero, que para o macho é branca e para a fêmea é amarronzada.

Registro feito em Morretes na sede da Ornithos.

topete2

clique

Publicado em Espécies

gaviao-pombo-peqenoGavião-pombo-pequeno (Amadonastur lacernulatus) é uma ave da ordem Accipitriformes da família Accipitridae. Antes possuía o nome científico de Leucopternis lacernulata. Também conhecido como gavião-pomba.

Características

Possui a cabeça e partes inferiores do corpo de cor branco-puro, em vôo pode ser confundido com pombos, o dorso é anegrado. As asas têm desenho negro na face ventral, sendo também negra na face dorsal. Cauda curta e branca, com base estreita e faixa anteapical negra. Por causa da cor branco-puro a espécie destaca-se à distância. Possui 43 a 52cm de comprimento, envergadura 96cm, asa 295mm, cauda 157mm, bico 23mm e tarso 85mm.

Registro feito em Morretes.

pombo

 clique

Publicado em Espécies
Quinta, 28 Julho 2011 12:04

Miudinho - Myiornis auricularis

miudinhoO Miudinho (Myiornis auricularis) é uma ave Passeriforme da família  Rhynchocyclida

Características

É um dos menores papa-moscas, tem apenas 7 centímetros. Sua cauda é curta, a barriga é amarela, garganta branca rajada de preto, píleo verde-pardacento, e na cabeça atrás da região auricular esbranquiçada localiza-se uma grande mancha negra.
Sua voz é bastante fina: “tüc-tüc-tüc”, e ascendente: “brrrü”.

Registro feito em Morretes-PR (Porto de Cima), na fazenda do Sr. Carlo, na companhia dos amigos do Wikiaves.

miudinho2

 clique

Publicado em Espécies
Página 1 de 3

Temos 108 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.