|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish

Nova espécie de pássaro é descoberta e já está ameaçada de extinção

Avalie este item
(0 votos)

macuquinho-preto-baianoCientistas reconheceram oficialmente no último mês uma nova espécie de ave descoberta na faixa da Mata Atlântica no litoral da Bahia. O macuquinho-preto-baiano (Scytalopus gonzagai), mede 12 centímetros e pesa cerca de 15 gramas. Mal foi descoberto, porém, os pesquisadores anunciaram que ele já está ameaçado de extinção.

Segundo pesquisadores, a estimativa é de que haja menos de 3.000 espécimes nessa porção da Mata Atlântica -- número considerado baixo para aves --, por isso o macuquinho-preto-baiano já entrou na lista de animais em risco de extinção.

A descoberta foi reconhecida em agosto, sendo publicada na revista The Auk, periódico científico da American Ornithologists' Union (União dos Ornitólogos Americanos), voltado para estudos e pesquisas de aves.

O passarinho passou muito tempo despercebido pelos ornitólogos que estudam a Mata Atlântica. Foi visto pela primeira vez em 1993, quando uma expedição com pesquisadores da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) realizou a primeira coleta de exemplares e gravações do canto da espécie. Na época, os cientistas acreditavam se tratar de um macuquinho-preto comum (espécie do sul e sudeste do Brasil), por ter características semelhantes.

Apenas em 2004 foram iniciados os estudos direcionados a descobrir se seria uma nova espécie. O passarinho se difere do macuquinho-preto comum, entre outras características, pelo ritmo de canto mais forte e com diferentes vocalizações.

Foto: Ciro Albano

Fonte: UOL

Lido 515 vezes

Temos 28 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.