|BUSCA NOMES COMUNS|abcdefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish

Expedição ao Interior de São Paulo

Avalie este item
(0 votos)

Osmar e FabianoNas férias de julho fomos visitar nossos amigos Osmar e Lenice Amaral em Mirassol. Háviamos combinado há tempos uma série de Passarinhadas na região, que possui uma diversidade de aves. Dezenas delas que são encontradas somente naquela região. Saímos no dia 05 de julho e no final da tarde chegamos à Mirassol.

No dia seguinte (06/07) armamos nossa primeira saída para uma região banhada pelo Rio Turvo na cidade de Olímpia. Essa bela região nos proporcionou conhecer a flora e fauna local. Em uma pequena área foi possível encontrar muitas espécies e foi aí que fizemos os registros da Ariramba-de-cauda-ruiva, da Seriema, o Pica-pau-de-cabeça-vermelha e a tão procurada Fogo-apagou. Lá permanecemos praticamente até a metade da tarde, quando fomos a São José do Rio Preto, visitar o belíssimo parque da cidade. Dentre muitas Garças e aves aquáticas que já conhecíamos de Curitiba, registramos o Socó-boi e o tão cobiçado Cardeal-do-nordeste.

A programação para o dia seguinte (07/07) iniciou em Mirassol, onde fizemos o registro do Balança-rabo-de-máscara, do Chorão, do Garrinchão-de-barriga-vermelha e muitas observações da Noivinha que mostrava-se muito arisca. A tarde, visitamos a cidade de Neves Paulista, pois na praça central da cidade um Urutau passava o dia pousado em seu poleiro, dando chance para que chegássemos bem perto e registrar à vontade. Na cidade ainda, registramos a Tesoura-do-brejo, a Sanã-carijó, o Pica-pau-anão-escamado e o Choró-boi. Esperamos ansiosos no final da tarde a aparição dos Tucanos-toco, que não apareceram, mas um bando de Gralhas-do-campo passaram rapidamente.

Para o dia 08, programamos a ida a um outro ponto nas margens do Rio Turvo na cidade de Onda Verde. Naquele ponto, muitos pescadores possuem acampamentos. Num deles conseguimos registrar um Encontro, que se alimentava num comedouro mantido pelos pescadores. No mesmo local fizemos também o Chora-chuva-preto, o Udu-de-coroa-azul... lindíssimo exemplar!! Para a manhã ficar perfeita faltava ainda a Ariramba-preta e o Urubuzinho. Mas elas pareciam não querer dar o ar da graça... de tanto procurar, encontramos! A Ariramba em uma copa de árvore, muito ao longe na outra margem do rio e o Urubuzinho em outra árvore no alto.

placaPenso que um dos dias mais aguardados foi aquele programado para a ida a Santa Fé do Sul (09/07). A Lenice contactou dois colegas daquela cidade. O José Amaral e o Fabiano Fazzio. Duas grande figuras de grande gentileza e imbuídos de uma paixão pela natureza. Na chegada da cidade, fomos saudados pelas Araras-canindé. Encontramos nossos amigos e eles acharam melhor irmos à cidade de Aparecida do Taboado em Mato Grosso do Sul. Na primeira parada encontramos os Papagaios-galego que se alimentavam nos cupinzeiros . Em uma pequena mata mais adiante, Lenice achou que poderíamos encontrar o Soldadinho. Soltamos um play-back e apareceu um indivíduo jovem. A próxima parada foi em uma fazenda de um amigo do José e do Fabiano. Neste local existem muitos galpões de ferrovia abandonados. Registramos o Periquito-rei e avistamos pela primeira vez um Soldadinho adulto, que diga-se de passagem é uma linda ave. O José muito gentilmente nos convidou para almoçar em sua chácara e no retorno a Santa Fé, ele comentou que havia registrado um bando e Emas à beira da estrada e que com sorte, poderíamos vê-las novamente. E a sorte nos sorriu: Lá estavam elas. Infelizmente a promessa que fiz, não pude cumprir (risos). No caminho da chácara, ainda avistamos, fizemos um “tour” pelos gaviões da cidade, tal qual relatou o Amaral. Pareciam que estavam empalhados de tão imóveis. Registramos o Gavião-caramujeiro e o Gavião-de-cauda-curta. Depois de um esplêndido almoço e em ótima companhia, pudemos registrar um Arapaçu-do-cerrado, que já tínhamos avistado em todos os outros locais, mas desta vez com uma boa resolução. No final da tarde, na praça da cidade fizemos um bom registro do Periquitão-maracanã.

No dia 10, começamos os preparativos para o retorno a Curitiba. Fomos ate Neves Paulista e eis que dois Tucanos-toco passaram voando pela casa da mãe da Lenice. Corre daqui e dali pela vizinhança e melhoramos o registro da espécie.

No total foram 34 novas espécies, nunca fizemos tantas em um final de semana!

Na manhã do dia 11, saímos cedo para voltarmos a Curitiba. Os caminhos do interior de São Paulo são de encher os olhos. Belas cidades e uma paisagem impar. Já no interior do Paraná, imensas plantações coloridas de amarelo se destacavam. Plantações de canola em plena floração! Realmente impressionante.

José Amaraltrevo

 

Soldadinho - Antilophia galeatacardeal-do-nordesteMaria-cavaleira-de-rabo-enferrujado - Myiarchus tyrannulusGarrinchão-de-barriga-vermelhaChoró-boi Taraba majorChorão - Sporophila leucopterabalanca-rabo-demascaraEncontro - Icterus pyrrhopterusnoivinha-brancaArapaçu-de-cerrado - Lepidocolaptes angustirostrisPetrim - Synallaxis frontalis Gralha-do-campo - Cyanocorax cristatellusUrubuzinho - Chelidoptera tenebrosaChora-chuva-preto - Monasa nigrifronsUdu-de-coroa-azul - Momotus momotaariramba-de-cauda-ruiva MachoAriramba-preta - Brachygalba lugubrisfogo-apagouArara-canindé - Ara araraunaPapagaio-galego - Alipiopsitta xanthopsPeriquito-rei - Aratinga aureaPeriquitão-maracanã - Aratinga leucophthalmaTucanuçu - Ramphastos tocoGavião-caramujeiro - Rostrhamus sociabilisgaviao-cabocloPica-pau-anão-escamado - Picumnus albosquamatusPica-pau-de-topete-vermelho - Campephilus melanoleucospica-pau-de-banda-branca - Dryocopus lineatusSanã-carijó - Porzana albicollissoco-boiGarça-real - Pilherodius pileatusSeriema - Cariama cristataEma - Rhea americanaBacurau - Hydropsalis albicollisMãe-da-lua - Nyctibius griseus

 

 

Lido 1243 vezes

Temos 37 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.