|BUSCA NOMES COMUNS|abcdefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish

Expedição Distrito Faxina

Avalie este item
(0 votos)

placa2O sábado amanheceu com uma neblina muito forte, passei pegar o amigo  do Wikiaves Walther Grube no Jardim Botânico. Era a primeira vez que encontrava este novo amigo.

O destino era o Distrito de Faxina em Tijucas do Sul, um local na região Metropolitana de Curitiba. Fomos conversando e nos conhecendo no trajeto que durou aproximadamente uns 30 minutos até a estrada de chão que nos levaria na chácara de um amigo holandês chamado Bennie Berens que pelos relatos teria avistado um gavião grande com  penhacho na cabeça, seria uma HARPIA???

A medida que o tempo passava a neblina  era dissipada e um sol muito brilhante tomava seu lugar .Que dia lindo se formava!!! 

Paramos várias vezes na estrada  pois em nossa frente sempre cruzavam aves e uma era muito especial o sanhaçu-frade, em algumas vezes eram bandos. Em outros momentos, gaviões carrapateiros, pombões e tiribas. Paramos para registrar um bando de Pintassilgos que na margem da estrada comiam as sementes das gramínias, ficamos muito perto de um casal que sequer se incomodaram com nossa presença. A paisagem era muito bonita, muitas plantações e casas antigas margeavam a estrada de chão.

Na chegada da chácara fomos recebidos pelo amigo Bennie Berens que preparava compostos para cogumelos com sua equipe, depois de uma breve conversa fomos a procura de nosso objetivo. A mata  não era muito fechada e em alguns trechos aberta para servir de lavoura que nesta época havia sido feita uma colheita de milho. Em uma picada entramos na mata, ouvia-se muitos cantos de aves, pela experiência do Walther dizia ser choca-da-mata, arapaçus e é clararo muitos tico-ticos. Em um trecho vimos um Arapaçu no alto e muitos beija-flores, um muito pequeno de topetinho pousou sobre minha cabeça, é claro que não consegui fazer o registro!!! Saímos da mata e encontramos mais uma área preparada para lavoura, andamos margeando esta área e ouvimos o canto de choca-da-mata novamente, entramos  em uma picada que levava a uma área de plantação de pinus, nesta área observamos a choca-da-mata, mariquitas e um bando de tico-tico-da-taquara, este muito bonito e arisco, não consegui nenhum registro deles. Já passava do meio dia quando resolvemos retornar e quase na chegada avistei um macho de tangará que rapidinho se embrenhou na mata. Resolvemos pegar nosso caminho de volta e ainda paramos na casa do Moacir para tomar água que nos mostrou o seu bosque particular com grandes árvores e muitas delas frutíferas, mostrou seu conhecimento sobre sabiás e nos convidou para uma nova visita. Ainda no retorno os sanhaçus cruzavam nosso caminho e paramos para observar um martim-pescador-verde no cabo de energia elétrica e para fechar dois mergulhões-caçador mergulhavam em um lago na nossa frente.

E a Harpia???

Eu e o Walther brincavamos dizendo "É LENDA" 

Lido 2745 vezes

Temos 11 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.