|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish

Beija-flor-de-peito-azul - Amazilia lactea

Ordem Apodiformes

Ordem Apodiformes Peters, 1940 
Andorinhas e beija-flores

Os Beija-flores são pequenos, mas valentes, defendem seus territórios até mesmo de aves bem maiores. Gostam bastante de água e tomam banho em poças no chão ou em bromélias, lançam-se contra folhas e se molham na umidade destas. Tomam demorados banhos de sol para a termorregulação da temperatura de seus corpos e para compensarem a excessiva perda de energia decorrente de sua escassa massa corporal. Entram em estado de semitorpor em dias excesssivamente frios e durante a noite. Pernoitam em locais protegidos na vegetação ou em escarpas rochosas, diminuindo o ritimo de seu batimento cardíaco. Algumas espécies realizam migrações sazonais, decorrentes da floração anual de certas plantas, árvores e arbustos. 

Família Apodidae - Olphe-Galliard, 1887 - Andorinhões, taperuçus e afins 
Família Trochilidae - Vigors, 1825 - Beija-flores, rabos-brancos e afins

Temos 34 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.