|BUSCA NOMES COMUNS|abcdefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish

O Araçari-de-bico-branco (Pteroglossus aracari) é um Piciformes da família Ramphastidae. Conhecido também como camisa-de-meia, araçari-culico, culico (Minas Gerais), tucano-de-cinta, araçari-da-mata e araçari-minhoca (Rio de Janeiro).

Seu nome científico significa: do (grego) pteros = pena, asa; e glössa = língua; pteroglossus = com língua emplumada e do (tupi) arassari, aracari = palavra indígena tupi que significa pequena ave brilhante (como o dia). ⇒ Pequena ave brilhante com a língua emplumada.

Características

Este araçari mede entre 43 e 46 centímetros de comprimento e pesa entre 177 e 325 gramas.
É identificável pela maxila branca, que contrasta com a região de baixo do bico, que é negra. A cabeça é recoberta pela cor negra, com coberteiras castanho-escuras, na altura dos ouvidos. A região perioftálmica é nua, azul-acinzentada tendendo ao preto e os olhos são marrons. O verde recobre o dorso e o Uropígio é vermelho. Possui a região da barriga amarelada, transpassada por uma faixa vermelha na região mediana, e coxas verde-oliva, o que o diferencia das outras espécies do seu grupo. A fêmea apresenta o bico um pouco menor que o do macho.

Possui três subespécies reconhecidas: Pteroglossus aracari atricollis, Pteroglossus aracari aracari e Pteroglossus aracari wiedii 

Pteroglossus aracari aracari (Linnaeus, 1758) – apresenta ocorrência disjunta no território brasileiro, sendo encontrado ao sul do Rio Amazonas, do Rio Madeira até o estado do Maranhão e norte do estado de Mato Grosso e Goiás; também no leste dos estados de Pernambuco e Alagoas e no leste do estado de Minas Gerais e nos estados do Espírito Santo e Rio de Janeiro.

Nome em Inglês - Black-necked Aracari

Registro feito em Manaus-AM

Publicado em Espécies
Terça, 22 Novembro 2016 12:50

Araçari-miudinho - Pteroglossus viridis

O Araçari-miudinho (Pteroglossus viridis) é um Piciformes da família Ramphastidae. Também chamado de araçari-verde e araçari-limão.

Seu nome científico significa: do (grego) pteros = pena, asa; e glössa = língua; pteroglossus = com língua emplumada e do (latim) viridis = verde. ⇒ Ave verde com a língua emplumada.

Características

Menor espécie do gênero, mede entre 30 e 39 centímetros de comprimento e pesa entre 110 e 162g. O macho de araçari-miudinho apresenta a cabeça e o pescoço negros. O dorso, asas e cauda são verdes, o uropígio é vermelho. Ao contrário da maioria dos outros araçaris, ele não tem faixa transversal vermelha no abdômen e seu peito, ventre e crisso são completamente amarelos. A base do bico é vermelha, a mandíbula superior é amarela e laranja e a mandíbula inferior é preta. Ao redor dos olhos apresenta uma pele nua na coloração turquesa e uma mancha vermelha na parte posterior dos olhos.
As fêmeas da espécie apresentam a cabeça e o pescoço de coloração marrom com tons vináceos.

Nome em Inglês - Green Aracari

Registro feito em Manaus-AM

Publicado em Espécies

O Tucano-grande-de-papo-branco (Ramphastos tucanus) é um Piciformes da família Ramphastidae. Conhecido também como cachorro, pia-pouco, quirina, tucano-assobiador, tucano-cantador e tucano-de-peito-branco.

Seu nome científico significa: do (grego) ramphastos, ramphestes = longa espada, grande espada; e do (guarani) tucanus, tucán = nome indígena guarani para esta ave, possívelmente significa: nariz osseo. ⇒ Ave com nariz osseo grande como uma espada.

Características

Mede cerca de 53 a 58 centímetros de comprimento e pesa 515 a 700 gramas. O Branco na garganta é margeado de vermelho. As coberteiras superiores da cauda são amarelo esbranquiçado, e o bico assume coloração vermelho escuro que gradua-se ao alaranjado. O Cúlmen possui uma linha amarelo esverdeado, enquanto uma área basal é amarela (acima) e azul (abaixo), com linhas basais negras. A região facial é verde azulada ou azul, enquanto a região perioftálmica se apresenta mais escura, violeta. A Íris tem cor marrom.

Ramphastos tucanus tucanus

Esta subespécie tem como característica morfológica a cor vinho no bico. Seu comprimento varia de 53 a 58cm e seu peso entre 515 a 700g. O Branco na garganta é margeado de vermelho. As coberteiras superiores da cauda são amarelo esbranquiçadas, e o bico assume coloração vermelho escuro que gradua-se ao alaranjado. O cúlmen possui um linha verde amarelada, enquanto a área basal é amarela (acima e azul (abaixo), com linhas basais negras. A região facial é verde azulada ou azul, enquanto a região perioftalmica se apresenta mais escura, violeta. A íris tem cor marrom.

Nome em Inglês - White-throated Toucan

Registro feito em Manaus-AM.

Publicado em Espécies
Segunda, 31 Janeiro 2011 16:41

Tucano-de-bico-preto - Ramphastos vitellinus

O Tucano-de-bico-preto (Ramphastos vitellinus)  é uma ave da ordem dos Piciformes, pertencendo a família  Ramphastidae. Conhecido também como canjo (Mato Grosso), tucano-de-peito-amarelo e tucano-pacova. As subespécies também podem ser descritas com nomes populares distintos. A subespécie ariel também é descrita como tucano-de-ariel, a citreolaemus como tucano-de-peito-amarelo, e a culminatus como tucano-pequeno-de-papo-branco.

Seu nome científico significa: do (grego) ramphastos, ramphestes = longa espada, grande espada; e do (latim) vitellina, vitellinus, vitellus = amarelo profundo, cor de laranja, gema de um ovo. ⇒ Ave de cor laranja com nariz grande como uma espada.


O Ramphastos vitellinus é subdividido em 4 sub-espécies, sendo elas:

Ramphastos vitellinus vitellinus Esta subespécie tem como característica morfológica bico preto com faixa basal azul; pele nua em volta dos olhos azul; íris marrom; lado dorsal, barriga e cauda pretos; peito branco com grande mancha central laranja-avermelhada; supra e infracaudais vermelhas. Mede 50cm de comp. e seu peso varia entre 340 a 390g. Habita florestas no N do Brasil, nas margens L do Rio Negro e no N do Rio Amazonas.

Ramphastos vitellinus ariel Ocorre do Pará ao S do Amazonas até a foz do Rio Madeira (Amazonas) e Maranhão; também no NE (Localmente em Pernambuco e Alagoas) até o Brasil oriento-meridional (Santa Catarina). Na ilha de Santa Catarina às vezes é encontrado ao lado de R. dicolorus (Sick). Também está presente em regiões montanhosas do Espírito Santo, na encosta meridional da Serra da Mantiqueira (Itatiaia 600m; Rio de Janeiro) e no litoral de São Paulo e Paraná. Mede cerca de 46cm de comprimento. Coloração geral da plumagem preta, com garganta amarelo alaranjado, cor vermelha vibrante nas coberteiras superiores e inferiores da cauda e, também, no peito. Seu bico é preto com uma faixa amarela desenhada (transversalmente) na sua base e, também, na parte proximal do cúlmem - o qual apresenta cor azulada. A área ao redor dos olhos (perioftálmica) apresenta cor vermelha.

Ramphastos vitellinus citreolemus Ocorre no vale do Rio Magdalena, na Colômbia e também contornando a Cordilheira dos Andes em área restrita da Venezuela. Apresenta a plumagem muito parecida com a de R. culminatus, porém distingui-se dela pela presença de azul e amarelo na base do bico, formando um desenho característico.

Ramphastos vitellinus culminatus Ocorre ao NO e SO da Venezuela e Colômbia, L dos Andes. Bolívia nas regiões S e Central. Região perioftalmica azul, bico negro com a base da maxila e o cúlmen amarelo esverdeados e a base da mandíbula azulada. Coberteiras superiores da cauda amarelas. De papo branco às vezes banhado de citrino (imaturo).

Características

Mede cerca de 46 cm de comprimento.

 

tucano-de-bico-preto

 clique

tucano-de-bico-preto

Ramphastos vitellinus vitellinus. Esta subespécie tem como característica morfológica bico preto com faixa basal azul; pele nua em volta dos olhos azul; íris marrom; lado dorsal, barriga e cauda pretos; peito branco com grande mancha central laranja-avermelhada; supra e infracaudais vermelhas. Mede 50cm de comp. e seu peso varia entre 340 a 390g. Habita florestas no N do Brasil, nas margens L do Rio Negro e no N do Rio Amazonas. Também está presente no L da Venezuela e nas Guianas.

tucano de bico preto

 

 

Publicado em Espécies

Temos 80 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.