|BUSCA NOMES COMUNS|abcefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Quarta, 04 Maio 2016 15:39

Tuim - Forpus xanthopterygius

O Tuim (Forpus xanthopterygius) é uma ave da ordem dos Psittaciformes, família dos Psittacidae. Também chamado popularmente de cuiúba, chuim, periquitinho, pacu ou papacum (Ceará), periquitinho-de-são-josé (norte da Bahia,) papacu, tuí e periquito-da-quaresma, é o menor psitacídeo do Brasil.

Seu nome científico significa: de Forpus = não explicado, mas provavelmente com origem no (grego) phoreö = possuir; e pous = pé; do (grego) xanthos = amarelo; e pterux= asa. ⇒ Ave que possui o pé e asa amarelos.

Características

É a menor ave da família dos papagaios e periquitos no Brasil, com o corpo todo verde, um pouco mais escuro nas costas mede 12 centímetros de comprimento e pesa em media 26 gramas. O bico é pequeno e cinza claro. Possui dimorfismo sexual, uma característica rara nas espécies brasileiras da família. O macho é verde-amarelado, com uma grande área azul na superfície inferior da asa e no baixo dorso; algumas penas na dobra da asa, ombros, parte inferior das costas, e coberteiras caudais são de uma cor azul-violeta. Testa, coroa e lados da cabeça mais esverdeados; parte inferior da cauda verde. A fêmea é totalmente verde, sendo amarelada na cabeça e nos flancos. A cauda curta forma a silhueta característica e diferencia o tuim do periquito.

No 5º Monitoramento de Aves da SAVE Brasil - Guaraqueçaba-PR.

Publicado em Espécies

O Periquito-da-caatinga (Eupsittula cactorum) é uma ave da ordem dos Psittaciformes, família dos Psittacidae.

Também é muito conhecido no Nordeste pelos nomes de periquitinha, jandaia, gangarra, griguilim, guinguirra e grengueu.

Seu nome científico significa: do (grego) eu = bom; e do (latim) psitta = periquito, papagaio; e do (latim) cactorum = cactos, planta espinhosa das regiões áridas. - Periquito bom que gosta de cactus.

Características

Medindo 25 cm e pesando 120 g, tem a cabeça e corpo verde-acastanhada, dorso verde-oliva, asas verdes com as pontas azuis, peito alaranjado, bico marrom e barriga amarela.

Forte dos Reis Magos - Natal-RN.

Publicado em Espécies
Quinta, 22 Janeiro 2015 10:39

Caturrita - Myiopsitta monachus

caturritaA Caturrita (Myiopsitta monachus), também conhecida como catorra ou cocota, é uma ave Psittaciformes da família Psittacidae. A caturrita é nativa das regiões subtropical e temperada da América do Sul. São encontradas no pantanal(população bastante numerosa) nos pampas à leste dos Andes na Bolívia, Paraguai, Uruguai e sul do Brasil até a região da Patagônia na Argentina. A caturrita também é conhecida no Brasil por catorra, cocota, periquito barroso, papo branco e outros nomes, dependendo da região.

Seu nome significa: do (grego) mus, muos = camundongo, ratinho; e do (latim) psitta = periquito, papagaio; e do (latim) monakhos = monge; monos = solitário. ⇒ periquito monge com a cor de camundongo. Periquito do peito cinzento de Latham (1783) (Myiopsitta).

Não considerada como sendo ameaçada, embora o comércio local e internacional afete suas populações naturais.

Características

As caturritas têm penas verdes no dorso, que contrastam com a barriga, peito, garganta e testa acinzentados. O bico é pequeno e alaranjado. No peito, a plumagem é escamada e nas asas e cauda possuem penas longas azuladas. As caturritas adultas têm 28 a 33 cm de comprimento total.

No sul do Brasil, na Argentina e no Uruguai, a caturrita é considerada praga em zonas de cultivo de milho e sorgo e em pomares. Com o desaparecimento das matas onde viviam, as caturritas começaram a procurar alimento nas culturas que hoje ocupam seu habitat natural. Com alimento fácil e a extinção progressiva de seus predadores, como o gavião, a população da espécie aumentou facilmente.

Registro feito em Mostardas-RS

caturrita clique
Publicado em Espécies
Sexta, 26 Dezembro 2014 13:31

Cuiú-cuiú - Pionopsitta pileata

cuiu-cuiuO Cuiú-cuiú (Pionopsitta pileata) é uma ave da ordem Psittaciformes da família Psittacidae.

Características

Emite um som barulhento e semelhante ao da Maitaca-verde. Há dimorfismo sexual. Ambos sexos apresentam plumagem verde uniforme, mas somente os machos tem a testa, o loro e a corôa vermelha. A fêmea apresenta a fronte com faixa levemente azulada. Ambos possuem a borda superior das asas, em azul escuro. Tamanho : 22cm

São naturalmente pouco ariscos em relação à presença humana. 

cuiu-cuiuclique

 

Publicado em Espécies
Quinta, 15 Agosto 2013 20:16

Papagaio-galego - Alipiopsitta xanthops

papagaio-galegoO Papagaio-galego (Alipiopsitta xanthops), é uma ave da ordem Psittaciformes, da família Psittacidae. Também conhecido como Papagaio-de-barriga-amarela, Papagaio-curraleiro, Papagaio-curau e Papagaio-goiaba.

Características

Mede cerca de 26,5 cm de comprimento. Alimenta-se dos frutos e flores do cerrado e da caatinga e de coquinhos silvestres. Voa em bandos de até 10 aves e é muito comum em sua área de distribuição.

Registro feito em Aparecida do Taboado-MS e Sacramento-MG

Papagaio-galego - Alipiopsitta xanthops clique
papagaio-galego
Publicado em Espécies
Quarta, 14 Agosto 2013 20:25

Periquito-rei - Aratinga aurea

periquito-reiO Periquito-rei (Aratinga aurea), também conhecido por aratinga-de-bando, é uma ave da ordem Psittaciformes, das mais conhecidas e abundantes representantes da família Psittacidae em nosso País. Conhecido também como periquito-estrela, jandaia-estrela, aratinga-estrela, coquinho-de-ouro, jandaia, ararinha e maracanã-de-testa-amarela (Amapá). Não é considerada ameaçada. Embora seja comum. Devodo sua plumagem colorida é frequente vítima de tráfico.

Características

Mede cerca de 27 centímetros e pesa 84 gramas. Cabeça verde com uma faixa dianteira cor de pêssego, face azulada, ventre verde-amarelado. Com a região ao redor dos olhos laranja nos adultos e cinzenta nos juvenis. Presente em grande variedade de hábitats, especialmente no cerrado, mata secundária, campos de cultura, buritizais e até em manguezais, até 600 metros. Em alguns lugares é considerada praga nas plantações. Vive em casal, que permanecem unidos por toda a vida. Desloca-se velozmente, às vezes intercalam-se entre séries de rápidas batidas um vôo de asas fechadas. É comum vê-los em bandos.

Registro feito em Aparecida do Taboado-MS

Periquito-rei - Aratinga aurea

 clique

Publicado em Espécies

periquitao-maracaaO Periquitão-maracanã (Aratinga leucophthalma), também conhecido por aratinga-de-bando, é uma ave da ordem Psittaciformes, família Psittacidae. Apresenta outros nomes populares como: araguaí e maritaca (São Paulo e Minas Gerais), araguari, aratinga, arauá-i, aruaí, guira-juba, maracanã, maracanã-malhada, maricatã (Minas Gerais). Não é considerada como sendo ameaçada, embora o comércio internacional (tráfico) vem afetando suas populações.

Características

Possui a cabeça com forma “oval”. Coloração geral verde com os lados da cabeça e pescoço com algumas penas vermelhas, apenas as coberteiras inferiores pequenas da asa são vermelhas, sendo as grandes inferiores amarelas, chamando muito a atenção em vôo, região perioftálmica nua e branca, íris laranja, bico cor de chifre clara, pés acinzentados. Tamanho médio 32 centímetros. Nos jovens as penas vermelhas da cabeça e sob as asas são ausentes, sendo de cor verde. Voa em bandos de 5 a 40 indivíduos. Dormem coletivamente em variados lugares.

Periquitão-maracanã - Aratinga leucophthalma

 clique

Publicado em Espécies
Quinta, 01 Agosto 2013 13:04

Arara-canindé - Ara ararauna

arara-canindeA Arara-canindé (Ara ararauna),  é uma ave da ordem Psittaciformes, família Psittacidae.

Conhecida também como arara-de-barriga-amarela, canindé, arara-amarela e ara-arauna. É um dos psitacídeos mais espertos

Não é considerada como sendo ameaçada, embora seja apreciada como ave de gaiola. Suas populações estão diminuindo e algumas delas já estão extintas. Em Trinidad foi realizado um processo de reintrodução bem sucedido

Características

Mede cerca de 80 centímentros de comprimento. Grande e de rabo longo. Inconfundível e vistosa coloração azul ultramarino no dorso, e amarelo-dourado na parte inferior desde a face, ventre até o rabo, garganta com linha negra e área nua na cabeça com linha de penas negras. Os jovens têm as asas e o rabo café-acizentado e os olhos pardos. É localmente comum na copa de florestas de galeria, várzeas com palmeiras (buritizais, babaçuais, etc.), interior e bordas de florestas altas, a cerca de 500 m de altitude. Vive em pares ou em grupos de 3 indivíduos, combinação mantida também quando formam-se bandos maiores de até 30 indivíduos.

Registro em Santa Fé do Sul-SP. Conhecendo a cidade dos novos amigos José Amaral e Fabiano Fazzio no dia  09/07/2013

Arara-canindé - Ara ararauna clique
Arara-canindé - Ara ararauna

 

 

 

 

Publicado em Espécies
Sábado, 08 Junho 2013 12:55

Sabiá-cica - Triclaria malachitacea

sabia-cicaO Sabiá-cica (Triclaria malachitacea),  é uma ave da ordem Psittaciformes, família Psittacidae. Também conhecido ao longo de sua distribuição geográfica, como cunhataí, sabiaçu, araçuaíva e mãe-de-sabiá. 

Características

Mede entre 19 e 21 cm. As populações da região Sul do Brasil apresentam tamanho corporal em média, maior que as do Sudeste e acima. Apresenta o colorido geral em um tom verde-profundo, incomum em outros psitacídeos. Os machos apresentam o ventre de cor violeta-azulada, sendo que desde filhotes já apresentam manchas dessa cor. Machos em idade avançada tendem a apresentar coloração violeta-avermelhada. As fêmeas são completamente verdes. Ambos os sexos possuem o bico quase branco. Muitos não sabem que o Sabiá-cica é um psitacídeo que canta como um sabiá. Seu nome vem do Tupi, que significa “mãe do sabiá”. Há indícios de que boa parte do canto seja assimilada desde filhotes ao ouvirem os sabiás da área, pois, há Sabiá-cicas cujo canto lembra o de sabiás como o laranjeira, coleira, da mata, preto e pardão-da-Bahia. Alguns ornitólogos interpretam essa característica como um complemento de sua camuflagem, ou defesa. O Sabiá-cica possui hábitos diferentes dos da maioria dos psitacídeos. São vistos quase sempre sozinhos, aos pares ou com filhotes. São geralmente silenciosos em vôo, e pousados, pouco vocalizam seus chamados agudos, estridentes e em escala ascendente. Quando pousam nas árvores o fazem em silêncio e permanecem um bom tempo imóveis, camuflado-se e observando ao redor.

A destruição dos últimos remascentes das florestas das baixadas litorâneas ameçam esta espécie endêmica.

Registro feito em Campina Grande do Sul-PR com o amigo André Penteado

sabia-cica

clique

Publicado em Espécies

jandaia-de-testa-vermelhaJandaia-de-testa-vermelha (Aratinga auricapillus),  é uma ave da ordem Psittaciformes, família Psittacidae. É também conhecida como periquito-rei e beira-rio. Sofrem com a captura destinada ao comércio ilegal de animais silvestres.

Características

Verde escura, somente com a parte anterior da cabeça e abdômen lavados de vermelho. Não possuem diferenças externas aparentes entre machos e fêmeas.

Registro feito em Londrina-PR

jandaia-de-testa-vermelha

clique

Publicado em Espécies
Página 1 de 2

Temos 31 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.