|BUSCA NOMES COMUNS|abcdefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
Quinta, 12 Outubro 2017 13:04

Dragão - Pseudoleistes virescens

Publicado em Espécies
Segunda, 02 Maio 2016 13:06

Corrupião - Icterus jamacaii

O Corrupião (Icterus jamacaii) é um Passeriformes da família Icteridae.

Também conhecido como concriz, joão-pinto e sofrê.

Seu nome científico significa: do (grego) ikterus = amarelo; e do (tupi) jamacaí = pássaro que come lagartas. - (pássaro amarelo que come lagartas).

Características

Mede cerca de 23 cm de comprimento. Não apresenta dimorfismo sexual.

Trata-se de uma das aves mais lindas e de voz,  mais melodiosa deste continente.

É comum em áreas da caatinga e zonas secas abertas, onde pousa em cactáceas, e também em bordas de florestas e clareiras, nos locais mais úmidos, nos locais mais secos como a caatinga nordestina procuram avidamente as fontes de água, tanto para matar a sede como para tomarem deliciosos banhos. Vive aos pares. Não costuma acompanhar bandos mistos de aves.

Forte dos Reis Magos - Natal-RN.

Publicado em Espécies
Quinta, 17 Dezembro 2015 09:41

Asa-de-telha - Agelaioides badius

O Asa-de-telha (Agelaioides badius) é um Passeriformes da família Icteridae.

Denominação anterior - Molothrus badius.

Seu nome científico significa: do (grego) agelaius = pássaro preto; e -oidës = parecido com; e do (latim) badius = castanho, marrom. ⇒ (Ave) castanha parecida com um pássaro preto.

Características

Mede de 15 a 17 cm. Não possui dimorfismo sexual. Tem cor geral marrom escuro, sendo as asas e a cauda mais escuras e as orlas das penas coberteiras marron-avermelhado. Possui uma espécie de “mascara” negra ao redor dos olhos. Tarsos negros. Bico cônico.

Gregário, vive em grupos de até 20 aves. Adapta-se a locais semi-urbanizados, sendo comum ao redor das fazendas e nas praças de alguns povoados do interior.

Agradecimento ao amigo Adolf que me chamou para fazer o registro desta espécie em sua casa.

asa de telha2 

 clique

Publicado em Espécies
Quinta, 09 Abril 2015 08:35

Sargento - Agelasticus thilius

sargentoSargento (Agelasticus thilius) é um Passeriformes da família Icteridae.

Seu nome científico significa: do (grego) agelastikos = gregário; e de thilius = nome chileno para um pássaro preto com asas amarelas. ⇒ (Ave) gregária preta com asas amarelas.

Também conhecido como do-ré-mi-de-asas-amarelas e pássaro-preto-de-asa-amarela. Denominação anterior - Agelaius thilius.

Características

Mede cerca de 17 cm. de comprimento. No geral, negro com partes superiores e inferiores das asas amarelas. A fêmea e o jovem são estriados pardacentos. Quando pousa aparece a plumagem negra uniforme.

Registro feito em Tavares-RS

sargento clique
Publicado em Espécies
Terça, 22 Julho 2014 13:30

Japu - Psarocolius decumanus

japuO Japu (Psarocolius decumanus) é uma ave da ordem Passeriformes, da família IcteridaeTambém conhecido também como fura-banana (Minas Gerais), japu-gamela (Bahia), japuguaçu, japu-preto e rei-congo, pela corruptela “recongo” (Maranhão) é também chamado de Guacho.

Seu nome significa: do (grego) psar = estorninho; e koloios = gralha; e do (latim)decumanus = grande, imenso. ⇒ Gralha ou estorninho grande.

Características

O macho mede de 46 a 48 cm de comprimento e a fêmea de 36 a 38 cm, pesam de 155 a 360 g. Faz ninhos grandes e compridos em forma de bolsa, localizados em colônias, em árvores isoladas na borda de florestas ou clareiras. Cada colônia tem um macho dominante, cercado por subordinados que o ajudam a defender o território.

Registro feito em Sacramento-MG no Parque Municipal da Gruta dos Palhares

japu 

clique

Publicado em Espécies
Terça, 30 Julho 2013 09:36

Encontro - Icterus pyrrhopterus

O Encontro (Icterus pyrrhopterus) é uma ave Passeriformes da família Icteridae. Conhecido também como primavera, inhapim (Pantanal), encontro (Rio Grande do Sul), melro, merro e soldadinho (Paraná e São Paulo), pega, soldado, maria-pretinha, gorricho, guacho (algumas localidades de Goiás), rouxinol-da-amazônia e xexéu-de-banana e alguns o chamam também de xexéu-soldado.

Características

O corpo longilíneo, terminado por uma longa cauda, produz uma silhueta característica, ainda mais sublinhada pelo bico fino. Sobre as asas, no encontro (razão de um dos nomes comuns) apresenta uma área de penas diferenciadas: castanhas para subespécie valenciobuenoi(Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Paraná e Santa Catarina) ou amarelas para a subespécietibialis (no Nordeste, do Maranhão até a Bahia, e Espírito Santo e Rio de Janeiro). Comum nos ambientes florestados, também utiliza-se de capões de cerradão e árvores ou arbustos isolados próximos à mata. Vive solitário, aos pares e, eventualmente, em bandos, às vezes junto a bandos mistos. Nas manhãs frias, gosta de pousar em galhos expostos para tomar sol nas primeiras horas do dia.

Informações de Fernando Straube esta espécie pode ser classificada de acordo com a coloração:

"de acordo com a literatura, temos um problema justamente nessas áreas do sudeste-sul e que teria como características diagnósticas na cor do encontro: "valenciobuenoi"(amarelo), "pyrrhopterus" (castanho) e periporphyrus (marrom-amarelado)."

Registro feito em Onda Verde-SP

Encontro - Icterus pyrrhopterus

clique

Publicado em Espécies
Domingo, 03 Junho 2012 16:48

Iraúna-grande - Molothrus oryzivorus

irauna-grandeA Iraúna-grande (Molothrus oryzivorus) é uma ave Passeriforme da família IcteridaeConhecida também como chico-preto, graúna, iraúna, lau-na-ná (nome indígena - Mato Grosso), melrão (Rio de Janeiro), rexenxão e vira-bosta-grande. 

Características

O macho mede de 35 a 38 cm de comprimento, a fêmea de 30 a 33 cm; pesam de 130 a 176 g. Além de maior, o macho apresenta um prolongamento das penas na região do pescoço, o qual está ausente na fêmea.

Não faz ninho; durante a reprodução ocupa ninhos de outras espécies, como japus e japiins. Tem em média 2 ninhadas por estação com 2 ovos cada uma.

Irauna-grande

clique

Publicado em Espécies
Terça, 03 Abril 2012 14:07

Graúna - Gnorimopsar chopi

graunaGraúna - (derivado do tupi “guira-una” = ave preta)(Gnorimopsar chopi) é uma ave Passeriforme da família IcteridaeConhecido também como chico-preto (Maranhão), arranca-milho, chopim, chupão (Mato Grosso), assum-preto, cupido, melro e pássaro-preto. Dentre as várias inspirações ao cancioneiro popular, esta se destaca por sua letra e pujança na voz de Luiz Gonzaga:

Tudo em volta é só beleza
Sol de abril e a mata em flor
Mas assum preto, cego dos oio
Não vendo a luz, ai, canta de dor
Mas assum preto, cego dos oio
Não vendo a luz, ai, canta de dor

Essa música relata um ato cruel entre passarinheiros, principalmente do nordeste, que furavam (em algumas regiões ainda o fazem) os olhos do assum preto pensando que assim ele cantaria mais na gaiola. Esse procedimento bizarro também é feito com o sabiá.

Na literatura, José de Alencar escreveu no romance Iracema:

Além, muito além daquela serra, que ainda azula no horizonte, nasceu Iracema.
Iracema, a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna, e mais longos que seu talhe de palmeira.
O favo da Jati não era doce como seu sorriso (…)

Além da subespécie Gnorimopsar chopi chopi existe uma subespécie chamada Gnorimopsar chopi sulcirostris. Ambas são iguais, porém a sulcirostris é maior e existe no norte/nordeste, enquanto que a chopi é menor e existe na região sul/sudeste do Brasil. 

Características

Mede 21,5 a 25,5cm. de comprimento. É inteiro negro incluindo pernas, bico, olhos e penas daí um de seus nomes populares pássaro preto, filhotes e jovens não possuem penas ao redor dos olhos. Não há dimorfismo sexual. Trata-se de um dos pássaros de voz mais melodiosa deste país. A fêmea também canta.

grauna

 clique

Publicado em Espécies

policia-inglesa-do-sulA Polícia-inglesa-do-sul  (Sturnella superciliaris) é uma ave Passeriforme da família Icteridae. Também conhecida no Sul de Santa Catarina, onde há varias plantações (pro-vargens) de Furacão-do-Arroz.

Características

O dimorfismo sexual é evidente: no macho a gola e o peito são de um belo vermelho escuro, uma estria branca parte do olho e estende até o pescoço, no restante da plumagem predomina o negro. Na fêmea domina o marrom em várias tonalidades e o vermelho do peito é leve. O tamanho varia entre 17 e 18 cm.

Registro feito em Quatro Barras na Estrada do Campo de Asa Delta na companhia dos amigos do Wikiaves Reni Santos e do Frederico Swarofsky com seu pai Mauro. Também registrado em nossa viagem para Santa Catarina na cidade de Laurentino e no dia 21 de janeiro de 2012 em Curitiba no Parque Iguaçu

policia-inglesa-do-sul clique
policia-inglesa-do-sul
Publicado em Espécies
Página 1 de 2

Temos 79 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.