|BUSCA NOMES COMUNS|abcdefgijlmopqrstuv
Portuguese English French German Italian Spanish
 Cirino

Cirino

Papa-moscas-de-olheiras - Phylloscartes oustaletiEspécie endêmica do Brasil. O Papa-moscas-de-olheiras (Phylloscartes oustaleti) é uma ave Passeriformes da família Rhynchocyclidae.

Seu nome científico significa: do (grego) phullon = folha; e de skairö = pular, dançar; e do (latim) oustaleti = homenagem ao zoólogo francês Jean Frédéric Émile Oustalet (1844–1905). ⇒ Dançarino de Oustalet.

Características

Mede entre 12 e 13 centímetros de comprimento e pesa 8 gramas. Apresenta distinta marca facial auricular em forma de meia-lua. A plumagem é verde-oliva nas partes superiores. Os lores são amarelados, conectando com um distinto e proeminente anel periocular amarelo; a face na região perto dos olhos é de coloração amarelo brilhante. O bico é cinza e apresenta a parte inferior da mandíbula na coloração amarelo rosada. As pernas são cinzas. Apresenta um comportamento bastante típico que ajuda na sua identificação em campo: quando pousado mantém suas asas em posição ligeiramente caídas e levanta a sua cauda reta de forma quase vertical.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Reserva Salto Morato - Guaraqueçaba-PR.

Papa-moscas-de-olheiras - Phylloscartes oustaleti 

 clique

Segunda, 28 Setembro 2015 17:19

Não-pode-parar - Phylloscartes paulista

Não-pode-parar - Phylloscartes paulistaNão-pode-parar (Phylloscartes paulista) é uma ave Passeriformes da família Rhynchocyclidae.

Seu nome científico significa: do (grego) phullon = folha; e skairö = dançarino; e depaulista = referente ao estado de São Paulo no Brasil. ⇒ Dançarino paulista das folhas.

Características

Mede 10,5 centímetros de comprimento e pesa entre 7 e 8 gramas. Apresenta as partes superiores, cabeça manto asas, uropígio e cauda de coloração predominantemente verde oliva. Sobrancelha amarela estreita se faz presente e se estende até atrás dos olhos, onde se curva por sobre a proeminente mancha auricular escura em forma de lua crescente, fazendo um notável contraste com esta. As asas apresentam barras alares tênues e os vexilos internos das rêmiges primárias são escuros. As partes inferiores como garganta, peito, ventre e crisso de coloração amarelo esverdeado uniforme. Cauda verde acinzentada relativamente longa para este pequeno tiranídeo. Os olhos são escuros e são contornados por um fino anel periocular de coloração clara. Bico fino com a maxila de coloração cinza claro e apresentando uma ligeira curvatura em sua extremidade distal. Mandíbula com a porção inferior na cor rosada. Os tarsos e pés são cinzas com leve tom rosado.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Reserva Salto Morato - Guaraqueçaba-PR.

Não-pode-parar - Phylloscartes paulista 

 clique

Choquinha-de-peito-pintado - Dysithamnus stictothoraxA Choquinha-de-peito-pintado (Dysithamnus stictothorax) é uma ave Passeriformes da família Thamnophilidae.

Seu nome significa:do (grego) duö = plumagem; e thamnos = arbusto; e do (grego)stiktos = pintado; e de thörax = tórax, peito. ⇒ (Pássaro do) arbusto com plumagem do peito pintada.

Características

Mede 13 cm de comprimento. Ambos os sexos diferenciam-se de outros Dysithamnus pelo padrão de marcas constrastantes da cabeça. Pode ser sintópico com a choquinha-lisa.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Reserva Salto Morato - Guaraqueçaba-PR.

Choquinha-de-peito-pintado - Dysithamnus stictothorax 

 clique

Segunda, 28 Setembro 2015 16:54

Choquinha-cinzenta - Myrmotherula unicolor

Choquinha-cinzenta - Myrmotherula unicolorA Choquinha-cinzenta (Myrmotherula unicolor) é uma ave Passeriformes da família Thamnophilidae.

Seu nome significa: do (grego) murmos = formiga; e -thëras = caçador; myrmotherula = diminutivo de myrmothera = pequeno caçador de formigas, formigueiro pequeno; e do (latim) uni = um, único; e color = cor. ⇒ Pequeno caçador de formigas com cor únicaou pequeno formigueiro de uma só cor.

Características

Mede 10 cm de comprimento. O macho é uniformemente cinza, tendo a garganta manchada de preto e a fêmea é uniformemente ruiva com a garganta manchada de branco.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Reserva Salto Morato - Guaraqueçaba-PR.

Choquinha-cinzenta - Myrmotherula unicolor 

 clique

Choquinha-cinzenta - Myrmotherula unicolor -  Fêmea  

Barranqueiro-de-olho-branco - Automolus leucophthalmusO barranqueiro-de-olho-branco (Automolus leucophthalmus) é uma Passeriformes da família Furnariidae.

Seu nome científico significa: do (grego) automolus = desertor, aquele que esconde, arredio; e do (grego) leukos = branco; e ophthalmos = com o olho, olho. ⇒ Desertor com olho branco ou (ave) com olho branco que esconde.

Características

Mede 20 centímetros. Apresenta olhos e garganta brancos e plumagem ferrugínea. Nidifica em túneis e barrancos..

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Reserva Salto Morato - Guaraqueçaba-PR.

Barranqueiro-de-olho-branco - Automolus leucophthalmus 

 clique

Domingo, 27 Setembro 2015 21:05

Mandrião-chileno - Stercorarius chilensis

Mandrião-chileno - Stercorarius chilensisO Mandrião-chileno (Stercorarius chilensis) é uma espécie marinha e também conhecido também como Skua, Págalo chileno, Escúa común ou Escúa chileno, Salteador chileno, Chilenkihu (Finlândia), Chilean Skua (Inglês), Catharacta chilensis (Sinônimo). É uma ave Charadriiformes da família Stercorariidae.

Seu nome significa: do (latim) stercorarius = de esterco (Stercus, stercoris esterco), uma referência à forma como a ave busca o seu alimento, atacando outra aves até elas regurgitarem; e de antarcticus = referência ao Chile, país da América do Sul. ⇒(Comedor) de esterco do Chile.

A população esta estimada em 6.000 indivíduos adultos.

É uma espécie migratória de longo curso.

Características

Possui um “capacete” escuro que contrasta com sua garganta canela. Apresenta o dorso castanho escuro e as partes inferiores canela. Quando pousado a cauda não ultrapassa a ponta das asas. Em voo nota-se um faixa branca nas rêmiges primárias em sua parte proximal, contrastando com a parte distal negra. Os pés apresentam membranas interdigitais e alguns indivíduos apresentam uma mancha branca no tarso (essa mancha pode estar relacionada com o dimorfismo sexual no período reprodutivo).Tamanho de 59 cm.

É audaz, territorial e agressivo. Costuma freqüentar colônias de aves marinhas, misturado a outras espécies, Algumas espécies de Stercorarius são aves cleptoparasitas, aves que roubam alimentos de outras aves, como peixes das gaivotas. Quando esta na época de nidificação alimentam-se também dos ovos e juvenis de outras espécies de aves.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Guaraqueçaba-PR.

Mandrião-chileno - Stercorarius chilensis 

 clique

Domingo, 27 Setembro 2015 20:37

Bem-te-vi-pequeno - Conopias trivirgatus

O bem-te-vi-pequeno (Conopias trivirgatus) é uma ave Passeriformes da família Tyrannidae.

Seu nome significa: do (grego) könöps, könöpos = mosquito; e piazö = que aproveita, aproveitador; e do (latim) tri = três; e virgatus, virga = listrado, lista, faixa. ⇒ Papa-moscas com três listas.

A subespécie berlepschi, menor e com algumas outras diferenças morfológicas, ocorre de forma disjunta na Amazônia central brasileira, além de pontos isolados na Venezuela, Equador, Peru e Bolívia. Esta subespécie possivelmente trata-se de táxon independente.

Características

Mede de 13,5 cm (ssp. berlepschi) a 14,5 cm (ssp. trivirgatus), a menor espécie do gênero. O que o diferencia de outras espécies de bem-te-vis é principalmente a ausência de penas brancas na parte anterior do pescoço. Muito semelhante ao bem-te-vi-da-copa (Conopias parvus), porém sem o amarelo no píleo.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Guaraqueçaba-PR.

Bem-te-vi-pequeno - Conopias trivirgatus 

 clique

Domingo, 27 Setembro 2015 19:17

Trinta-réis-anão - Sternula superciliaris

O Trinta-réis-anão (Sternula superciliaris) é um Charadriiformes da família Sternidae. É o menor dos trinta-réis de nosso País. Conhecida com trinta-réis-pequeno.

Seu nome científico significa: de sternula = diminutivo de Sterna (Linaeus-1758); e do (latim) superciliaris = com sombrancelhas. ⇒ Pequena Sterna com sombracelhas.

Características

Tais aves chegam a medir até 25 cm de comprimento e possuem, durante o período reprodutivo, bico amarelado e extremidade das asas anegradas.

Tão importante quanto o registro é a companhia dos amigos! No projeto Cidadão Cintista - Guaraqueçaba-PR.

Terça, 23 Junho 2015 13:59

Saíra-amarela - Tangara cayana

saira-amarelaA Saíra-amarela (Tangara cayana) é uma ave Passeriformes da família Thraupidae. Também é conhecida popularmente pelos nomes saí-de-asas-verdes, saí-amarelo, saíra-cabocla, capelo e sanhaço-caboclo (Minas Gerais), guriatã-do-coqueiro (Rio Grande do Norte) e sanhaçu-macaco (Ceará), Frevicente (Pernambuco), sanhaçu-íris (São Paulo).

Seu nome significa: (ave dançarina de Caiena ou vinda de Caiena.).

Características

O macho possui uma plumagem de coloração amarelo-dourada e uma notável máscara negra, que se estende pela garganta e passa pelo meio de toda a barriga. A fêmea é mais pálida e não possui a máscara de cor negra. Em ambos os sexos as asas apresentam uma coloração verde brilhante.

Pesa cerca de 20 gramas e mede 15 centímetros.

Habita matas abertas e ciliares, áreas cultivadas, parques e jardins. Vive aos pares ou em pequenos grupos.

Registro feito em São Pedro-SP e Neves Paulista-SP

Saíra-amarela - Tangara cayana clique
Saíra-amarela - Tangara cayana  Casal  

flamingoO Flamingo-chileno (Phoenicopterus chilensis) é uma ave Phoenicopteriformes da família Phoenicopteridae.

Seu nome significa: do (grego) phoinikopteros = com as penas das asas vermelhas, que possui as asas vermelhas; e do (latim) chilensis = referente ou originário do Chile na América do Sul. ⇒ (Ave) chilena vermelha ou (ave) de asas vermelhas do Chile.

Também conhecida em outras línguas como:

Francês: Flamant du Chili

Alemão: Chileflamingo

Espanhol: Flamenco Chileno

Nome em Inglês - Chilean Flamingo

Características

Mede de 96 a 107 cm e pesa cerca de 2,3 kg. A fêmea é aproximadamente 10% menor que o macho. O terço interno do bico é rosa, o restante preto, enquanto as pernas são rosa, com rosa mais escuro nas juntas. O jovem é cinza amarronzado..

Registro feito em Tavares-RS

flamingo2 clique
Página 9 de 16

Temos 43 visitantes e Nenhum membro online

Fatbirder's Top 1000 Birding Websites

Curitiba possui 30 Parques e cerca de 81 milhões m² de área verde preservada. São 55m² de área verde por habitante, três vezes superior ao índice recomendado pela Organização Mundial de Saúde, de 16m². No Brasil, é a cidade onde a Mata Atlântica é melhor preservada. 

Com aproximadamente 400 espécies identificadas na cidade, entre nativas, migratórias e exóticas, segundo livro publicado pela Prefeitura Municipal de Curitiba, iniciamos nossas passarinhadas nestes Parques, queremos lembrar que não se trata de um trabalho científico e sim o registro da nossa paixão pelas aves.


Hierarquia dos taxons pertencentes à classe Aves de todas as aves do Brasil baseada na lista de aves do Brasil de janeiro de 2014 do CBRO (Comitê Brasileiro de Registro Ornitológico).

Os Textos são de consulta do site: http://www.wikiaves.com.br/.